Outras oportunidades

Confira as dicas para sair do seu primeiro emprego

Fique atento para algumas coisas que devem ser evitadas para que você não deixe a impressão errada para os antigos empregadores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O primeiro emprego é um período de muito entusiasmo para novos profissionais. Um salário fixo, benefícios de saúde, férias pagas e muito aprendizado são elementos que motivam a carreira de qualquer um.

Chega a hora, porém, que o profissional decide que precisa seguir em frente e buscar uma nova vaga em outra empresa. Se você pensa em fazer isso, fique atento para algumas coisas que devem ser evitadas para que você não deixe a impressão errada para os antigos empregadores. Confira três dicas para sair de seu primeiro emprego:

1. Referências
Dependendo da maneira como você sai do emprego, suas referências para com os antigos chefes podem ficar muito ruins. Sair de uma hora para outra, sem aviso ou preparo, por exemplo, fará com que seu empregador se ressinta de você. Se for colocá-lo como referência em seu currículo é muito possível que ele não dê boas indicações.

PUBLICIDADE

2. Imaturidade
Profissionais mais velhos costumam enxergar as gerações mais novas como egoístas, imaturas e preguiçosas. Se você for sair da empresa, garanta que essa não seja a impressão que deixou para seus colegas. Lembre-se que os contatos profissionais feitos em outros empregos podem ser decisivos para a conquista de futuras vagas.

3. Fechar as portas
Os comportamentos citados acima têm o efeito de eliminar pontes, ou seja, fechar as portas para que um dia você volte a trabalhar na mesma companhia. Muitos profissionais mais jovens costumam alimentar a ideia de que nunca mais irão trabalhar nas empresas do primeiro emprego, o que pode se revelar um grande engano.

Veja mais matérias de Carreira no Universia.