Sem desânimo

Confira 4 dicas para se manter positivo durante a procura por trabalho

Geralmente, a procura por trabalho não ajuda muito para reerguer a confiança. No entanto, é necessário controlar esses pensamentos

arrow_forwardMais sobre
Desempregado
Pessoa desocupada

SÃO PAULO – Quando está desempregado, por mais tempo do que o esperado, você deve tentar de todas as maneiras se manter de cabeça erguida. Nesses momentos, é normal que a autocrítica diminua a confiança, o que vai dificultar a encontrar a solução dos seus problemas. Consequentemente, esses pensamentos negativos vão ficar em sua cabeça e deixando a sua segurança cada vez mais para baixo.

Geralmente, a procura por trabalho não ajuda muito para reerguer a confiança. Pois envolvem muitas emoções, pensamentos negativos e, nem sempre, boas experiências ao longo de seu percurso. No entanto, é necessário controlar esses pensamentos durante a sua procura por trabalho simplesmente porque existirão obstáculos.

Pode parecer bem desafiador tentar controlar tudo o que passa pela sua cabeça, mas é bem possível. Você sabe como? A seguir confira quatro dicas para se manter positivo durante a procura de emprego:

PUBLICIDADE

1. Assuma o controle. Com o desemprego, às vezes, vem o medo. Você sempre vai se perguntar se é qualificado o suficiente, o que está fazendo de errado ou pensar que já está cansado. É muito mais fácil encontrar problemas do que soluções. Pense que não está sozinho nesta jornada, mas depende somente de você a questão de assumir o controle de seus pensamentos negativos ao longo do processo. Com isso, poderá aumentar a sua autoconfiança e criar uma nova visão sobre você em relação a essa situação.

2. Desenvolva suas próprias perspectivas de maneira positiva. Se você se sente derrotado, você transparecerá isso em suas entrevistas de emprego. Isso auxilia na necessidade de melhorar o seu ponto de vista sobre si mesmo.

Andar adiante para superar estes pensamentos negativos através de um processo refletirá diretamente na procura de trabalho. Pois criará uma nova visão sobre você mesmo. Esse não é o momento de ser muito crítico e se colocar para baixo. Confronte o pessimismo e encontre uma maneira de colocar os pés no chão. Tente acordar animado pelas manhãs. Ao invés de se lamentar, procure uma maneira de achar soluções para seus problemas e se recompense pelas conquistas.

3. Defina metas. Para estabelecer objetivos, o ideal é sempre ter pensamentos positivos em mente. Estas metas, mesmo que pequenas, vão colocar mais motivação e a sensação de estar crescendo internamente ao completar os objetivos. Defina metas diárias, semanas e mensais para a procura de emprego e o desempenho profissional. Um exemplo de meta seria tentar falar com um número determinado por você durante cada semana. Assim, fica maior a sua chance de ser contratado e, simultaneamente, ter uma sensação positiva ao realizar seus objetivos. 

4. Encontre um ponto de sustentação. Quando estamos em controle dos nossos pensamentos, somos mais rígidos. Desenvolva e se mantenha a uma forte “sustentação” durante a procura de emprego. Esse auxílio não necessariamente deve ser do seu círculo profissional, mas pessoas que te auxiliarão a renovar suas metas, aumentar sua confiança e te forçar a não desistir e querer sempre mais.

Não atrapalhe seu futuro profissional por conta de pensamentos negativos e decepções. Encontre sempre uma maneira de aprender o máximo de cada situação e se manter de maneira positiva.

Veja mais matérias de Carreiras no Universia.