Conectados o dia inteiro, workaholics estão mais expostos a ataques on-line

"Workaholics estão tão focados no próprio desempenho que se esquecem de alguns cuidados", diz diretor da Online Brasil

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os workaholics, profissionais que fazem de tudo para manter a carreira em alta e, por isso, são viciados no trabalho, estão mais expostos a assaltos virtuais. Isso porque, como querem estar conectados o dia inteiro, abusam do uso de tecnologias, mas deixando de lado cuidados especiais.

“Muitas vezes, os workaholics estão tão focados no próprio desempenho que se esquecem de alguns cuidados, como garantir a segurança das informações que trazem no laptop ou que acessam mediante senha”, afirmou o diretor comercial da Online Brasil, Guilherme Araújo. “A facilidade de estar conectado não garante necessariamente toda a segurança para prevenir desastres”.

A distração pode fazer com que dados importantes sejam roubados por hackers, colocando em jogo todo o trabalho do profissional e estratégias da empresa.

Perigos

Aprenda a investir na bolsa

Araújo citou uma armadilha que é o indicador “free wi fi”, que normalmente aparece quando a pessoa liga o notebook. Trata-se de um golpe que poderá corromper informações pessoais e da empresa, como dados da conta bancária, de cadastros e sigilosas para os clientes, que caem nas mãos de criminosos.

O indicado é que a pessoa só se conecte a redes desconhecidas em casos de extrema urgência. Na falta de uma rede conhecida, o melhor é esperar para fazer o trabalho ao chegar no escritório.

“Quando isso acontece, antes mesmo de se conectar à rede corporativa, deve-se fechar a VNP (rede privativa virtual), para garantir a segurança da conexão. Outra dica importante é evitar deixar pastas compartilhadas e estar sempre com o antivírus atualizado. Isso sem mencionar que, contra nenhum argumento, as contas bancárias devem ser acessadas a partir de uma rede desconhecida”.