Concurso da Caixa: veja o que levar para a prova, duração e outras informações

Que horas os portões fecham, como será o teste, como descobrir o local da prova e outras informações para os concurseiros

Mariana Amaro

Realização de testes e concursos públicos (Foto: Pexels/Jessica Lewis)

Publicidade

Segundo a Caixa Econômica Federal, 1,2 milhões de inscrições foram confirmadas para o concurso de 2024, que oferece mais de 4 mil oportunidades (entre vagas e cadastro reserva).

São 2 mil vagas para o cargo de Técnico Bancário Novo (TBN), para carreira geral na instituição, e outras 2 mil vagas para TBN na área de Tecnologia da Informação (TI) – todas de nível médio. Além destas, há 50 vagas de nível superior, sendo 28 para médicos do trabalho e 22 para engenheiros de segurança do trabalho.

As remunerações iniciais variam conforme o cargo escolhido. O aprovado em cargo de nível médio começará a carreira no banco com salário de R$ 3.762. Já o concurso para as carreiras profissionais de médico do trabalho e de engenheiro de segurança do trabalho é de nível superior, com remuneração inicial de R$ 11.186 e R$ 14.915, respectivamente.

Continua depois da publicidade

Qual é o horário da prova?

A prova terá duração de 5 horas, e os portões fecharam meia hora antes do início da aplicação do teste. Veja o cronograma abaixo, segundo o horário de Brasília:

As provas objetivas e discursivas serão realizadas das 13h às 18h, em todo o país, exceto no Rio Grande do Sul (que teve as provas adiadas). A nova data ainda não foi marcada.

O que levar para a prova?

Os candidatos devem levar um documento oficial com foto e o cartão de confirmação de inscrição e de seclaração de comparecimento (se necessário), além de uma caneta esferográfica de tinta preta em material transparente.

Continua depois da publicidade

Ao entrar no local, é necessário colocar celular e outros dispositivos desligados em um saco envelope que será disponibilizado pela própria equipe do local.

Como será a prova?

As provas do concurso Caixa para os cargos de nível médio serão compostas por 60 questões, sendo 25 de conhecimentos básicos e 35, específicos. Para os cargos de nível superior, as provas objetivas serão compostas por 70 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos e 40, específicos. Na etapa discursiva, o candidato produzirá uma redação sobre tema proposto relacionado a conhecimentos específicos.

De acordo com o cronograma, na segunda-feira (27), serão divulgados os gabaritos das provas objetivas. Caso o candidato discorde de eventuais questões formuladas ou dos gabaritos divulgados, os recursos poderão ser interpostos entre 27 e 28 de maio.

Continua depois da publicidade

Como consultar o local de prova?

Empresa contratada para organizar o processo seletivo, a Fundação Cesgranrio disponibilizou nesta semana o cartão de confirmação de inscrição. Na área do candidato é necessário digitar login e senha cadastrados.

(Com informações da Agência Brasil)

Tópicos relacionados

Mariana Amaro

Editora de Negócios do InfoMoney e apresentadora do podcast Do Zero ao Topo. Cobre negócios e inovação.