Confira

Como são as entrevistas de emprego na Google do Brasil, segundo candidatos

De acordo com publicações feitas por candidatos às vagas de emprego no Love Mondays, o nível médio de dificuldade das entrevistas na empresa é 4, em uma escala de 0 a 5

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Uma das empresas mais concorridas por profissionais de tecnologia e também que está entre as mais desejadas como empregadora é o Google.  O clima divertido e diversificado da empresa, a cultura que tem e também sua reputação são alguns dos fatores que fazem com que ela ocupe esse lugar.

Somado ao fato de a empresa contratar somente os melhores profissionais, isso faz com que ela tenha a fama de ter um processo seletivo rigoroso.

Nos escritórios do Brasil, isso é uma realidade: de acordo com publicações feitas por candidatos às vagas de emprego no portal Love Mondays, o nível médio de dificuldade das entrevistas na empresa é 4, em uma escala de 0 a 5.

Aprenda a investir na bolsa

Três candidatos a vagas de emprego publicaram suas experiências nos processos seletivos do Google e, desse total, a maioria (66%) considera que a entrevista foi boa, apesar da dificuldade.

Saiba, a seguir, o relato completo que eles fizeram sobre as entrevistas e referente a quais vagas elas eram:

Entrevista para estágio
O candidato afirmou que se candidatou primeiro através da internet e participou de um processo extenso, com múltiplas etapas ao longo de seis meses para “só então ter uma remota chance de oferta de estágio.

Algumas das perguntas que foram feitas na entrevista foram sobre o que ele faria de diferente na empresa e pedir para que ele procurasse diversidade de empregados em formas além da contratação high performers.

Ao final do processo, ele recebeu a oferta de estágio.

Entrevista para estágio em engenharia química
Neste processo seletivo, o primeiro passo também foi a inscrição online; depois, o candidato foi chamado para uma entrevista por Skype, onde foram feitas perguntas em inglês e em português, e não passou para as fases seguintes do processo.

PUBLICIDADE

Ele conta que foram feitas perguntas como “como a Google ganha dinheiro?”, “o que a Google faz?”, “como é seu estilo de liderança?”, “por que você quer o estágio na Google?”, e pedindo para que ele explicasse para uma pessoa que não conhece a internet sobre o que ela é, falando sobre os produtos da empresa.

Entrevista para engenheiro de software
Essa foi a única entrevista publicada no Love Mondays que foi feita para uma vaga no escritório de Belo Horizonte. O candidato não considerou a entrevista difícil e conta que o processo seletivo durou cerca de um mês, mas que ele não passou em todas as fases do mesmo e nem recebeu feedback.

Ele comentou que chegou a fazer cinco entrevistas diferentes e somente uma delas teve maior nível de dificuldade.