Como lidar com o clima pesado dentro da empresa

Antes de sair por aí disparando currículos, na busca por um novo emprego, saiba o que deseja para si. Há setores que são, naturalmente, competitivos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – “É muito comum a gente escutar de profissionais e executivos: minha carreira empacou porque tive um mau chefe! Na nossa vida, como em nossa carreira, nos deparamos com inúmeros obstáculos e temos que aprender a enfrentá-los, a lidar com eles. Se, por um lado, não se pode fazer muito para mudar as situações que se apresentam, por outro, precisamos do emprego”, afirma o sócio-diretor da Search Consultoria em Recursos Humanos, Marcelo Braga.

Quantas pessoas não se dirigem ao trabalho todo santo dia desmotivadas, porque não gostam do chefe, que é autoritário demais, ou dos colegas, que são competitivos, ou do ambiente de trabalho como um todo? No entanto, conforme explicou Braga, se colocar na posição de vítima da história não adiantará em nada.

Crie alternativas para um dia-a-dia mais leve

O quadro de insatisfação no trabalho requer paciência. Pedir as contas logo de cara, sem outro emprego à vista, não é o melhor a fazer, afinal, não se sabe quando o novo emprego baterá às nossas portas. A dica de Braga é investir em atividades em paralelo, que podem ser, futuramente, sua fonte de renda.

Aprenda a investir na bolsa

“O importante é se acalmar e não levar a insatisfação para casa. Entre em uma academia, pratique esportes, corra, volte a estudar e, aos poucos, vá procurando uma nova colocação. Quando você não fizer mais parte desse climão, poderá se blindar. Sei que falar é fácil e que somente quem está no olho do furacão é que sabe o que sente. Mas o fato é que todo mundo, algum dia, vai ter um mau chefe”.

Outra coisa importante: antes de sair por aí disparando currículos, saiba o que deseja para si. Há setores que são, naturalmente, competitivos, como é o caso do mercado financeiro, segundo avaliação do especialista. “Se o profissional tem o perfil mais tranqüilo, o mercado financeiro não é ambiente para ele”.

A última dica é: tome cuidado para não supervalorizar um problema. “Mesmo quando não se confia nas pessoas ao redor, é preciso saber se adaptar. A justificativa do mau chefe para o insucesso não é suficiente. São coisas da vida. Se você tem um problema pessoal com um colega ou com seu gestor, tente ficar focado apenas no trabalho”. É possível que, com essas atitudes, com o tempo, se encontre o equilíbrio.