Como funcionário, você acha possível ficar motivado o tempo todo?

Não se culpe; é absolutamente normal você sofrer variações de humor e sentir necessidade de fazer alguns questionamentos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A motivação é um assunto sempre muito abordado pelas empresas, sobretudo nas áreas voltadas à gestão de Recursos Humanos.

A discussão sobre a necessidade de ter uma equipe motivada e sobre seus benefícios para a obtenção de resultados é uma realidade. Entretanto, pouco se fala a respeito de uma outra constatação: a de que ninguém consegue estar motivado o tempo todo!

Líder de equipe: responsabilidade em suas mãos

Como coordenador de um grupo, você às vezes pode sentir que fica sob a sua responsabilidade o grau de motivação de seu pessoal. Se sua equipe está motivada, ótimo. Mas, se está desmotivada, a falha foi sua! Será isso verdade?

Aprenda a investir na bolsa

Se você se enquadra neste caso, console-se! É absolutamente normal você sofrer variações de humor, como qualquer “mortal”, e sentir necessidade de fazer alguns questionamentos, vinculados ou não aos problemas de trabalho.

Isso significa dizer que você não precisa se sentir culpado ao desanimar em alguns momentos, seja por problemas pessoais ou mesmo por discordar de certa política adotada pelos gestores da empresa. Porém, quando isto acontece, o que fazer?

É importante que você tenha sempre noção da sua importância para o grupo e do quanto o seu comportamento reflete na equipe. Saiba compreender seus momentos e procure evitar que estas “turbulências” de humor atinjam os demais.

Entretanto, não caia na armadilha de se sentir o centro de tudo: lembre-se que muitos outros fatores podem desmotivar membros de uma equipe e que, em muitas situações, fogem do seu controle, já que estão atrelados a temas mais complexos, como política da empresa, ambiente, remuneração, entre outros. Sendo assim, você poderá chegar até certo ponto…

Membro de equipe: compreenda sua importância

Como integrante de um grupo, líder ou não, você deve sentir o quanto faz parte dele. Por isso, qualquer crise de temperamento será notada e refletirá no trabalho da equipe.

Conheça melhor o quanto seu trabalho é importante para o grupo. Este é um ponto fundamental a ser considerado e sua motivação deve partir daí. Coloque mais suas idéias ao grupo e procure espaço para novas oportunidades.

PUBLICIDADE

Muito do que almeja deve partir também de você. Faça-se ouvir, participe e entenda melhor como a empresa funciona, qual a importância do trabalho que seu grupo realiza e como pode contribuir ainda mais, agregando valor, como se costuma dizer.

Seja paciente com seus momentos de crise, mas tome cuidado para não se tornar o eterno descontente, aquele que é sempre contra, mesmo sem saber bem qual o assunto discutido.

Motivação da equipe: conjunto de fatores

Lembre-se que você faz parte de um todo e que, por isso, a ação e o temperamento de cada um refletem nesta harmonia.

Visualize sua equipe como um time e sinta-se parte dele, numa posição importante, que fará a diferença na hora dos resultados. Diante de dificuldades pessoais ou mesmo pontos de divergência quanto à política adotada pela empresa, foque suas atenções neste time. Isso poderá ajudá-lo, e muito, a identificar melhor suas metas, seus pontos de interesse.

E por falar em time, a idéia de focar-se no esporte e por meio dele trazer experiências para o mundo corporativo vem sendo cada vez mais aplicada pelas empresas.

Metodologias utilizadas por técnicos de destaque nas diferentes modalidades esportivas, como Emerson Leão (futebol) e Bernardinho (Vôlei), têm sido referência também no mundo empresarial, onde são analisadas estas experiências de “coaching”, com bons resultados. No esporte, a motivação tem sido definida como algo a trabalhar diariamente, compartilhando dificuldades e valorizando obstáculos.

Sendo assim, diante de vitórias ou derrotas, como num jogo, é preciso manter a bola em movimento. Compreenda e respeite a sua crise pessoal ou a de seu companheiro de equipe, e faça desta dificuldade algo que possa ser resolvido, e não um obstáculo que lhe prejudicará por muito tempo.