Em carreira / clt

Reajuste do seguro-desemprego será de 6,2% em 2013

Este ano, houve uma mudança no cálculo do reajuste do benefício

Carteira de trabalho - Carreira - Emprego
(Wikimedia Commons)

SÃO PAULO - Em 2013, o seguro-desemprego será reajustado em 6,2%, segundo a resolução publicada no DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (11) pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Houve uma mudança no cálculo do reajuste. A partir deste ano, o reajuste das três faixas salariais será baseada no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado durante o ano, que é divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Anteriormente, além do INPC, era considerado também o avanço do PIB (Produto Interno Bruto). Desta maneira, se esse cálculo fosse mantido, o reajuste seria maior do que o atual, de 9%.

A resolução de hoje mantém também que a regra de que o valor do benefício não pode ser inferior ao salário mínimo, que é de R$ 678, desde 1º de janeiro.

 

Contato