Colocação baixa

Brasil é penúltimo em ranking mundial de educação

Entre as 40 economias presentes na lista, o País só perde pra Indonésia e está atrás de países como México, Colômbia e Argentina

SÃO PAULO – O Brasil está na penúltima colocação no ranking global de educação. A lista contou com 40 países e foi divulgada nesta terça-feira (27) pela consultoria britânica EIU (Economist Intelligence Unit) e Pearson.

O relatório se baseou em dados sobre percentuais de alfabetização e taxas de conclusão de cursos de níveis médio e superior, além de considerar avaliações internacionais como OECD-PISA, TIMMS e PIRLS.

A Finlândia e Coreia do Sul se encontram no topo da lista, apresentando altos índices de habilidades cognitivas e desempenho escolar. Hong Kong, Japão e Cingapura seguem entre as economias melhores colocadas. Em contrapartida, Indonésia, Brasil e México ocupam as últimas posições.

PUBLICIDADE

Bons professores são essenciais
“Não há substituto para bons professores”, diz o estudo. “Os países com melhores desempenhos atraem os maiores talentos”. Para especialistas que fizeram parte da análise, mais importante que dinheiro, é o nível de apoio para a educação dentro de uma sociedade.

“Enquanto não há dúvida de que o dinheiro investido em educação colhe recompensas, mudanças culturais em torno da educação e introdução da ambição é igualmente, se não mais, importante que a renda para promover melhores resultados educacionais”.

Ranking
Veja os 20 melhores colocados do ranking:

ColocaçãoPaíses
*Pearson
1Finlândia
2Coreia do Sul
3Hong Kong
4Japão
5Cingapura
6Reino Unido
7Países Baixos
8Nova Zelândia
9Suíça
10Canadá
11Irlanda
12Dinamarca
13Austrália
14Polônia
15Alemanha
16Bélgica
17Estados Unidos
18Hungria
19Eslováquia
20Rússia