Brasil é o segundo país do mundo mais otimista em contratações

Quando analisadas somente as Américas, País é o que mais pretende contratar, com expectativa líquida de 38%

SÃO PAULO – O Brasil é o segundo país do mundo mais otimista quanto à contratação de profissionais no segundo trimestre deste ano, apontou uma pesquisa realizada pela Manpower, empresa de recursos humanos. O País fica atrás, apenas, da Índia.

De acordo com os dados, a Expectativa Líquida de Emprego do Brasil é de 38%, o que o coloca na primeira posição quando analisados somente os países das Américas. Para o estudo, foram ouvidas 61 mil empresas, sendo que somente no Brasil foram contatados mil empregadores.

O indicador é resultado da diferença entre as porcentagens positiva e negativa presentes nas respostas dos entrevistados quanto à expectativa de crescimento da empregabilidade no mercado de trabalho para o próximo trimestre. No Brasil, 43% creem em aumento do número de profissionais, ante 5% que acreditam em queda, o que resulta na expectativa líquida de 38%.

PUBLICIDADE

“No Brasil, a pesquisa indica um excelente ano para o emprego, com a geração de novas vagas em todos os setores pesquisados”, afirmou o diretor comercial da Manpower no Brasil, Pedro Guimarães, para quem o cenário positivo é incentivado pelo aumento dos investimento privados e o lançamento da segunda etapa do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Setor e região
Ainda em relação ao Brasil, o estudo mostra que a expectativa líquida de contratação é maior no setor de Finanças/Seguros, com um indicador de 49%, 6 pontos percentuais superior ao que foi registrado no primeiro trimestre do ano.

Em seguida, estão os empregadores da área de Administração Pública/Educação, que registraram alta de 19% para 48% na expectativa líquida de empregos entre o primeiro e o segundo trimestre do ano. Outros setores que apresentaram aumento foram Serviços (de 40% para 44%), Indústria (de 22% para 36%) e Comércio (de 31% para 34%). A Construção Civil ficou estável em 45%.

Entre os estados pesquisados, empregadores do Paraná foram os mais otimistas em relação à contratação de profissionais no segundo trimestre, com a Expectativa Líquida de Emprego de 44%, seguido por Minas Gerais (42%), São Paulo (36%) e Rio de Janeiro (31%). A cidade de São Paulo apresentou um indicador de 39%.

Pelo mundo
Quando analisadas as Américas, o Peru (23%), a Costa Rica (23%), a Argentina (18%), a Colômbia (16%) e o Panamá (15%) seguem o Brasil na lista de países que pretendem contratar mais no segundo trimestre. Nos Estados Unidos, o índice é de 5%.

Em todo o mundo, empregadores de 27 dos 37 países analisados esperam contratar neste trimestre. Na Itália (-11%), Espanha (-11%) e Irlanda (-9%) estão as menores expectativas líquidas de emprego.