Blog, Fotolog e rede social? Cuidado para manter imagem positiva no trabalho

Páginas pessoais podem tanto arruinar um emprego quanto ajudar e mostrar que o profissional tem personalidade

SÃO PAULO – Imagina seu chefe procurando seu nome em sites de comunidades virtuais e, quando encontra, se depara com comunidades como “Odeio acordar cedo”, “Odeio meu chefe” ou “Adoro beber até desmaiar”. Ou pior: ele decide visitar seu fotolog e vê aquela foto com conotação extremamente negativa à sua imagem profissional.

A consultora de recursos humanos da Catho Online, Camila Mariano, explica que a vantagem nesse caso é o fato dele já saber quem é você. Assim, por sorte, não irá fazer um julgamento injusto. “Entretanto, é difícil separar o pessoal do profissional”, ela garante.

“Além disso, algumas empresas, dentro do processo seletivo, acabam verificando essas páginas pessoais antes de contratar alguém”, ressalta.

O que fazer

PUBLICIDADE

“Algumas pessoas tem a página no site de relacionamentos toda ‘arrumadinha’, com comunidades e fotos politicamente corretas, enquanto outras fazem questão de ter o cadastro na comunidade virtual apenas para ‘bagunçar’, logo acabam exagerando, inclusive nos comentários. O recomendável, nesse último caso, é não deixar o nome completo na página, dificultando o acesso de terceiros e reduzindo a exposição”, adverte Camila.

É verdade que a vida pessoal de cada um não diz respeito a mais ninguém, porém manter a imagem e a credibilidade perante os colegas de trabalho é sábio, segundo a consultora. “Até para não perder nenhuma oportunidade”, lembra. “Mesmo porque sua vida pessoal deve ser preservada de qualquer maneira, acima de tudo”.

Lado bom

Mas as páginas pessoais não são tão ofensivas e perigosas quanto parecem, uma vez que elas também podem ajudar o profissional. “Existe o outro lado. Elas podem ser usadas para o bem. Por exemplo, manter contato com colegas de trabalho por meio de uma comunidade virtual denota facilidade de se relacionar em grupo“, enfatiza.

“O mesmo acontece com os blogs. Quem tem uma página com textos bem redigidos e assuntos atuais pode demostrar que possui qualificação profissional e personalidade”, completa.