Segurança

Apple gasta quase US$ 700 mil na segurança de seu CEO, Tim Cook

Além disso, são pagos mais US$ 15,6 mil em previdência e US$ 2.520 em seguro de vida do CEO

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Se você fosse CEO de uma das maiores empresas do mundo, precisaria de muita segurança, mesmo em um país seguro como é o Estados Unidos. Para Tim Cook, CEO da Apple, não é muito diferente: os gastos da empresa para proteger o executivo são quase de US$ 700 mil.

Um relatório da empresa enviado para a SEC (Securities and Exchange Comission) mostra que são pagos US$ 15.600 na previdência de Cook, US$ 2.520 em seguro de vida, US$ 56.923 por ter vendido suas férias e US$ 699.133 em gastos de segurança.

Tim Cook assumiu como CEO da Apple em agosto de 2011, após Steve Jobs renunciar ao cargo, dois meses antes de falecer. Cook também foi eleito como um dos 10 melhores CEOs dos Estados Unidos recentemente.

PUBLICIDADE