Ancord lança primeira certificação cripto para assessores de investimento

Programa prevê curso, provas intermediárias e exame de certificação pela Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Equipe InfoMoney

(Pierre Borthiry/Unsplash)

Publicidade

A Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (ANCORD) lançou, nesta quinta-feira (6), a primeira certificação para criptoativos do País. Com foco nos assessores de investimentos e profissionais do mercado financeiro, o programa tem colaboração das empresas BlockTrends e Web3 e apoio da ABCripto.  

“Atualmente, os investidores estão cada vez mais exigentes e buscam ser atendidos por profissionais especializados, qualificados e capacitados”, afirma Orlando Júnior, head de certificação e credenciamento da entidade. “O profissional que participar do programa CCA (Certificação Criptoativos ANCORD) certamente vai se tornar um especialista e poderá suprir essa necessidade”, avalia.

“O regulador brasileiro tem sido ágil em incorporar inovações no mercado financeiro, superando seus pares em outros países” diz João Paulo Mayall, CEO do BlockTrends. “O programa CCA é mais um marco do mercado de ativos digitais no Brasil, país que foi pioneiro ao lançar ETFs e fundos regulados no setor”, afirma.

Continua depois da publicidade

Para ele, a certificação tem potencial de se tornar mandatária no mercado brasileiro, o que faria do Brasil um exemplo global em inovação financeira.

Como se tornar um especialista e criptoativos certificado

Incialmente, explica a ANCORD, o interessado na nova certificação precisa ser um assessor financeiro ou profissional do mercado e participar de um curso de 47 horas.

Nesta etapa do programa, é necessário alcançar uma média igual ou superior a sete em cada uma das avaliações intermediárias. Na conclusão do curso, o candidato receberá o atestado de qualificação para a realização do exame de certificação.

Continua depois da publicidade

Administrado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o exame consiste em 40 questões de múltipla escolha divididas nos mesmos quatro módulos trabalhados no curso: Introdução aos Criptoativos e Blockchain; O Mercado na Prática; Regulação, Tributação e Aspectos Legais; e A Transformação do Mercado de Capitais.

Para ganhar o título de especialista em criptoativos e a Certificação Criptoativos ANCORD (CCA) também será necessário obter, na prova, pontuação igual ou superior a sete. O valor total do programa – que inclui curso e exames – é de R$ 1.947.

A ANCORD lembra que os assessores de investimentos podem aproveitar a carga horária do programa para somar até 120 pontos no PEC, o programa de educação continuada da entidade.