Administradores são os que mais buscam MBA de Relações com Investidores

Maioria dos alunos que procuram a especialização vem da área de administração e corresponde, em média, a 41%

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pela Fipecafi (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) identificou o perfil profissional dos alunos que buscam o MBA Relações com Investidores.

Conforme os dados verificados pela pesquisa, a maioria dos alunos que procuram a especialização vem da área de administração e corresponde, em média, a 41% dos presentes na sala de aula.

“O curso de administração tem o leque mais variado de funções, pois seus profissionais transitam por áreas como finanças e contabilidade, mercado, RH, gestão e marketing. A profissão de RI busca isso, um colaborador multidisciplinar”, afirma o professor de MBA da fundação, Guilhermo Braunbeck.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo ele, a demanda ideal de perfil desse indivíduo deveria estar o mais próximo possível de um profissional generalista, que tenha conhecimento de contabilidade e capacidade de compreensão de processos e negócios.

Ainda no levantamento, os contadores e economistas aparecem em seguida, com 17% e 12%, respectivamente. Os comunicadores figuram em quarto lugar na procura pelo curso (9%) e, logo atrás, vêm os profissionais do direito (7%) e engenharia (6%).

Público
O curso de MBA da Fipecafi tem historicamente predominância de profissionais do sexo masculino. Em 10 anos de aulas, em média, a participação feminina foi de 42%.

“A área de RI geralmente está conectada à estrutura de finanças. Esse segmento tem uma certa preponderância do sexo masculino. No entanto, RI tem mais público feminino do que em outras áreas administrativas”, explica Braunbeck.

Discute-se na fundação que a tendência para o futuro será a imersão do público feminino nesse mercado, uma vez que elas possuem menor resistência cultural, aliado ao fato de se adequarem melhor a outras dinâmicas, como comunicação e comportamento com pessoas.

Mercado
De acordo com a empresa de recrutamento Michael Page, o mercado de RI continua aquecido. Na companhia, 10% das vagas da Divisão de Tax, Legal e Finance foram ocupadas por profissionais de RI e já nos primeiros meses do segundo semestre de 2010 representam 15%.

PUBLICIDADE

“O RI está dentro da empresa, por isso, cumpre um papel importante de atender demandas e pedidos de investidores. Esse é um cargo fundamental de se preencher”, diz o professor.

Com relação aos salários, os profissionais de RI têm rendimentos que variam em média de R$ 12 mil a R$ 20 mil para gerente sênior. Porém, em algumas empresas, essa cifra chega a R$ 30 mil.

Em tese, esses trabalhadores devem dominar conhecimentos de finanças, marketing e comunicação, somados a uma característica multidisciplinar de desempenhar as funções.

“É crucial entender de conteúdos financeiros, negócios, concorrência, regulação, afinal, para desempenhar esse papel, o profissional de RI deve alimentar o seu investidor com informações necessárias”, finaliza Braunbeck.