à procura de talentos

91% das empresas têm dificuldade para contratar; veja os cargos mais demandados

Destas, 83% têm problemas em encontrar profissionais capacitados para as vagas

SÃO PAULO – Um estudo realizado pela Fundação Dom Cabral mostra que 91,02% das empresas brasileiras estão tendo problemas com contratação. Entre os principais motivos desta dificuldade, está a escassez de profissionais capacitados, problema enfrentado por 83,23% das empresas pesquisadas, seguido pela deficiência na formação básica e da experiência de ocupar o cargo, com 58,08% e 47,90%.

Entre os profissionais mais demandados, os de nível técnico são os mais escassos, segundo a pesquisa. Cerca de 65% das empresas encontram dificuldade em contratar tais profissionais. Eles são seguidos por aqueles que têm nível superior, com 51,5%, e de nível administrativo, com 20,96%.

Por posição, os técnicos e operacionais são citados como as vagas mais difíceis de serem preenchidas por 50,62% e 45,06% das empresas, respectivamente. Coordenadores, analistas e engenheiros seniores aparecem em seguida. Quando perguntados sobre a razão da precariedade em encontrar mão de obra nestas posições, os líderes das empresas disseram que a falta de formação específica e de experiência são as principais fontes de vagas ociosas.

PUBLICIDADE

Profissionais mais buscados
Entre os cargos com os maiores problemas com contratação, destacam-se:

PosiçõesProfissionaisEmpresas com dificuldade para encontrá-los
*Fundação Dom Cabral
1Compradores72,2%
2Técnicos66%
3Administradores65,4%
4Gerente de projeto61,1%
5Trabalhador manual61,1%
6Profissionais de TI59,9%
7Operadores de produção57,4%
8Engenheiro de produção56,8%
9Motorista54,9%
10Profissionais de recursos humanos54,9%

O que as empresas estão fazendo
Com tanta dificuldade para encontrar o profissional com as qualificações certas para as vagas, muitas empresas estão diminuindo as exigências para ocupá-las. Quase 60% dos empresários confirmaram esta medida, sendo que a maior parte desta mudança está relacionada com experiência do profissional, seguida pela exigência de fluência em idiomas.

Além de atrair, as empresas também estão preocupadas em reter seus talentos. Para isso, mais de 93% afirmaram que oferecem benefícios aos profissionais, como assistência média e odontológica, previdência privada, salário variável e ajuda de custo para educação.