Emprego

10 dicas sobre o que fazer quando não há retorno de uma entrevista

60% dos trabalhadores não recebem respostas das companhias

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Todo candidato quer ouvir uma resposta depois da entrevista de emprego, mesmo que ela seja negativa. Apesar de ser desconfortável no momento, o feedback é positivo para ambas as partes.

De acordo com a revista Forbes, um estudo realizado pela CareerBuilder com 3.991 trabalhadores mostra que 60% deles já tiveram a experiência de não receber uma resposta após uma entrevista.

Caso a empresa não entre em contato, veja 10 dicas do que fazer:

PUBLICIDADE

1- Tome a iniciativa
Não basta esperar, é preciso fazer alguma coisa. No mercado atual, cabe aos candidatos terem a iniciativa pelo retorno, explica o especialista em trabalho, Lynn Taylor.
Espere alguns dias e escreva um e-mail para o responsável pela contratação reforçando o seu interesse na vaga.

2- Planeje-se e tenha calma
O consultor jurídico, David Parnell, alerta que se você ligar e enviar e-mails demais, você será irritante e pode parecer desesperado. Por outro lado, se você não acompanhar o processo seletivo, você pode estar demonstrando falta de interesse. “Apenas permita-se um determinado número de tentativas ao longo de um tempo limitado.”

3- Seja simpático
Seja sempre agradável em seu e-mail ou telefonema, mesmo se você estiver irritado com o empregador, diz Taylor. Talvez eles ainda estejam selecionando os candidatos e ainda não tomaram uma decisão ou acham que você tem perfil para uma posição diferente dentro da organização.

4- Verifique seu networking
Cheque em suas redes sociais, como Facebook, LinkedIn e Twitter, se ex-colegas ou amigos que atualmente trabalham na empresa têm notícias sobre o status do processo de seleção.

5- Feedback imediato
Sempre que possível, peça para receber o feedback ainda durante a entrevista. “Se há uma recepção calorosa, então a porta está aberta para você se envolver ainda mais. Se é frio, não perca muito tempo com o assunto. Muitas vezes não ter resposta já é uma resposta”, explica Taylor.

6- Mude o foco
Parnell recomenda que caso o candidato não consiga obter uma resposta da área de recursos humanos após muitas tentativas, tente a chefia. Nos cargos mais altos muitas vezes é encontrado mais respeito pelo candidato.

PUBLICIDADE

7- Siga seus instintos e seja realista
“A rejeição é psicologicamente traumatizante”, diz Parnell. Por isso, se a empresa não respondeu seus e-mails, o melhor é aceitar que você não era o candidato ideal para a vaga e tentar em outras companhias.

8- Mantenha o empregador informado
Como outras vagas do seu interesse podem surgir no meio do caminho, não se esqueça de informar o empregador de quais outros processos de seleção você está participando. Sem ser rude, mas para lembrá-los que você também está olhando para outras opções.

9- Não leve para o lado pessoal
Saiba que muitas vezes as vagas mudam seus requisitos, salários, carga horária e até mesmo são descontinuadas, e a maioria das empresas não querer trazer isso a público, afirma Taylor. Isso não significa que o candidato não tenha as habilidades necessárias para o cargo.

10- O que essa experiência pode lhe dizer sobre a empresa
O processo de pós-entrevista nem sempre reflete diretamente a cultura corporativa da companhia, mas você vai se lembrar disso quando decidir se candidatar a outro cargo no futuro. “Como você é tratado após a entrevista pode ser um indicativo de como você pode ser tratado dentro do trabalho”, indica Taylor.