Conteúdo editorial apoiado por

Terceira emissão do FII Riza Terrax será concluída em dezembro

Coordenada pela XP, operação poderá chegar a quase R$ 1 bilhão

Fernando Lopes

Publicidade

A Riza Asset vai concluir em dezembro a terceira emissão de cotas do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Riza Terrax, lançado em outubro de 2020 com o objetivo de oferecer retorno de longo prazo a investidores por meio de arrendamento ou compra e venda de propriedades agrícolas. Segundo informações já divulgadas pela gestora, o período de reservas termina no dia 21 e a oferta será liquidada no dia 28.

Coordenada pela XP, a emissão poderá chegar a quase R$ 1 bilhão. Inicialmente, está prevista a emissão de cerca de 7,5 milhões de cotas, num valor total de R$ 750 milhões. Se houver boa demanda, poderá ser emitido um lote adicional de 1,8 milhão de cotas, o que elevaria o valor total da operação para R$ 937,5 milhões.

O Riza Terraz foi lançado antes da regulamentação dos Fundos de Investimento em Cadeias Agroindustriais (Fiagro) no país. Em seu IPO, captou cerca de R$ 470 milhões, e no follow-on, que demandou lote adicional, o montante chegou a R$ 600 milhões.

O portfólio do Riza Terrax inclui atualmente 15 propriedades rurais produtoras de grãos e fibras, com área total de 60,7 mil hectares e área de plantio de 39,2 mil hectares. As fazendas estão localizadas nos Estados de Mato Grosso, Goiás, Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Com os novos recursos, o objetivo é agregar seis fazendas à lista.

A Riza Asset foi procurada para detalhar os novos planos de arrendamento ou compra e venda, mas não pôde conversar com o IM Business por estar em período de silêncio.

O Riza Terrax vai distribuir R$ 1,40 por cota referente a novembro, com “dividend yield” de 1,37%. No mercado secundário, cada cota variou entre R$ 100,84 e R$ 102,38 em outubro, com retorno total bruto positivo de 2,65%.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Fernando Lopes

Cobriu o setor de energia e foi editor do semanário Gazeta Mercantil Latino-Americana até 2000. Foi editor de Agro no Valor Econômico até fevereiro de 2023.