Conteúdo editorial apoiado por

Planta da JBS em Diamantino espera habilitação para exportar à China 

Segundo o ministro Carlos Fávaro, unidade continua na lista das unidades que pleiteiam o aval

Fernando Lopes

Publicidade

A JBS retomou nesta segunda-feira as atividades da unidade da marca Friboi localizada em Diamantino (MT), que estava parada desde junho por causa de um incêndio.

Inicialmente, serão processadas 600 cabeças de bovinos por dia, média que será elevada para 1,8 mil nas próximas semanas e chegará a 3,6 mil cabeças por dia. Os investimentos nessa fase inicial de retomada chegam a R$ 300 milhões.

Presente à cerimônia que marcou a retomada, o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, afirmou que a planta não foi excluída da lista das unidades de carne bovina que pleiteiam habilitação para exportar à China.

Wesley Batista (esq.), acionista da JBS, ao lado do ministro Carlos Fávaro (foto: Divulgação)

A reabertura ocorre em um momento de incremento da oferta de gado no país. A JBS Brasil, divisão que inclui a Friboi, encerrou o terceiro trimestre do ano com receita líquida de R$ 14,4 bilhões.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados

Fernando Lopes

Cobriu o setor de energia e foi editor do semanário Gazeta Mercantil Latino-Americana até 2000. Foi editor de Agro no Valor Econômico até fevereiro de 2023.