Conteúdo editorial apoiado por

Importação brasileira de trigo deverá aumentar mais de 50% em 2023/24

Segundo a StoneX, volume voltará a superar 7 milhões de toneladas

Fernando Lopes

Publicidade

As importações brasileiras de trigo deverão alcançar 7,05 milhões de toneladas nesta temporada 2023/24, segundo nova estimativa divulgada pela StoneX na semana passada. O volume representa aumentos de 10,7% ante previsão de dezembro e de 56,2% ante o ciclo anterior. A Argentina é a principal origem do trigo importado pelo Brasil 

Para a produção do país, que já terminou de ser colhida, a consultoria passou a calcular 8,25 milhões de toneladas, levemente abaixo da projeção de dezembro, por causa do excesso de chuvas no Rio Grande do Sul. Na comparação com 2022/23, a queda chega a 26%.

Diante desses números, a StoneX agora prevê a moagem no Brasil em 12,3 milhões de toneladas, 1,3% menos que no ciclo passado. Como a colheita de trigo de baixa qualidade aumentou, a consultoria estima que 1,06 milhão de toneladas serão destinadas à produção de ração.

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados