Conteúdo editorial apoiado por

Exportações do agro brasileiro bateram novo recorde em 2023

Receita dos embarques cresceu 3,9% e somou US$ 165,1 bilhões, segundo dados compilados pelo Itaú BBA

Fernando Lopes

Publicidade

Impulsionadas por soja, carnes, açúcar e milho, as exportações do agro brasileiro bateram um novo recorde em 2023. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Itaú BBA, a receita dos embarques totalizou US$ 165,1 bilhões, 3,9% mais que em 2022. Em dezembro foram US$ 13,3 bilhões, um leve aumento de 0,3% em relação a um ano antes.

Os analistas da Consultoria Agro do banco destacaram que as exportações de soja em grão atingiram 101,9 milhões de toneladas, o que representou um incremento de 29,4% em relação ao ano anterior. O volume foi recorde, mas o preço médio das vendas recuou 11,6%, em linha com a queda das cotações da matéria-prima no mercado internacional.

No caso das carnes, os volumes cresceram, e apenas as cotações da carne bovina, que lidera os embarques do segmento, caíram. Foram embarcadas 2 milhões de toneladas da proteína, mas por um valor médio 20,2% mais baixo, sobretudo em virtude da queda dos preços pagos pelos importadores da China, principal destino das vendas.

As exportações de milho também não escaparam dessa lógica. O volume aumentou 29,4% e atingiu o recorde de 55,9 milhões de toneladas, mas o preço médio diminuiu 13,7%. Já o açúcar brilhou: o volume dos embarques de açúcar bruto cresceu 12,1%, e o valor médio das vendas subiu 24,5%.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados