Conteúdo editorial apoiado por

“Cofre” de Bitcoin, MicroStrategy já vale mais do que quase metade do S&P 500

Aposta em criptomoedas tornou a companhia mais valiosa que 237 das 503 empresas do índice

Bloomberg

Publicidade

(Bloomberg) – O rali no mercado de criptomoedas neste ano tem sido tão forte que uma fabricante de software, geralmente vista como um tipo de fundo de hedge do Bitcoin, agora tem uma capitalização de mercado mais alta do que quase metade das empresas do índice S&P 500.

As ações da MicroStrategy Inc., fabricante de software empresarial do bilionário Michael Saylor, que está fortemente investida em Bitcoin, subiram 204% nos primeiros meses do ano, saindo de US$ 632 no final de 2023 para US$ 1.919 no fechamento da última quarta-feira, enquanto a criptomoeda se aproxima de uma alta recorde. Para efeito de comparação, a gigante do mercado de ações e queridinha dos investidores Nvidia subiu 82% em 2024.

O resultado foi que, de repente, a MicroStrategy atingiu um valor de mercado de mais de US$ 32 bilhões. Isso a torna maior do que 237 das 503 ações do índice S&P 100 no fechamento de quarta-feira (27), incluindo gigantes como eBay Inc. e Delta Air Lines Inc.

A empresa atualmente está no índice Russell 2000, onde os membros têm um valor de mercado médio de $1 bilhão. É a segunda maior ação do índice de small-caps, após a Super Micro Computer Inc., com um valor de mercado de US$ 60 bilhões que a levou a ingressar no S&P 500 no início deste mês.

Neste caso, no entanto, o tamanho talvez não importe. A MicroStrategy até pode ultrapassar as avaliações de mais empresas do S&P 500, mas sua inclusão no índice não é certa. Em um mercado cada vez mais dominado por estratégias passivas, fazer parte da principal referência do mercado pode ser crucial para o preço das ações à medida que os investidores adquirem fundos de índice do S&P 500.

Uma holding de bitcoins

A MicroStrategy “é essencialmente uma empresa mantenedora alavancada de Bitcoin”, disse Steve Sosnick, estrategista-chefe da Interactive Brokers. “E, devido à sua estrutura única, ela não gera receitas e lucros de maneira consistente, conforme exigido pelos critérios de listagem SPX”.

De fato, o fundo de hedge Kerrisdale Capital Management LLC disse em uma nota aos clientes na quinta-feira (28) que sua posição vendida em MicroStrategy e comprada em Bitcoin se deve ao prêmio extremo das ações em relação ao valor de sua posição na criptomoeda. Kerrisdale não está sozinha: várias empresas tentaram apostar contra as ações, mas poucas tiveram sorte com isso.

Representantes da MicroStrategy não responderam aos pedidos de comentários.

Para se qualificar para o S&P 500, as empresas americanas precisam ser altamente líquidas e ter capitalizações de mercado de pelo menos US$15,8 bilhões. Elas também devem atender a padrões de lucratividade, liquidez e critérios de disponibilidade de ações, devem ter registrado lucros positivos no trimestre mais recente e ao longo dos quatro trimestres anteriores e um determinado investable weight factor — total de ações em circulação disponíveis divididas pelo total de ações em circulação.

A MicroStrategy não atende a esses requisitos – por enquanto.

A empresa, uma das maiores detentoras públicas de Bitcoin, foi lucrativa no quarto trimestre de 2023 após registrar um benefício fiscal relacionado às suas reservas de criptomoedas. Mas registrou prejuízo no trimestre anterior devido a uma baixa contábil causada por uma queda no valor do Bitcoin.

Se a MicroStrategy conseguir entrar no S&P 500, ela seria uma das maiores empresas do índice com uma ligação direta ao Bitcoin. A empresa começou a adquirir a criptomoeda como proteção contra a inflação em 2020 e atualmente detém 214.246 tokens avaliados em cerca de $15 bilhões.

Com os preços do Bitcoin se mantendo próximos de uma alta recorde, sua inclusão no índice provavelmente seria vista como um símbolo significativo para a indústria de criptomoedas de $2,6 trilhões, especialmente após o colapso espetacular de várias empresas proeminentes em 2022. Também poderia ser visto como um sinal de otimismo renovado em relação aos ativos digitais, mesmo quando muitos bancos e profissionais de Wall Street continuam a evitá-los.

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.