Conteúdo editorial apoiado por

Carteira de crédito do banco Plantae alcançou R$ 168 milhões em 2023

Crescimento em relação a 2022 foi limitado por problemas climáticos e queda dos preços dos grãos

Fernando Lopes

Publicidade

O banco Plantae Agrocrédito, com sede em Presidente Prudente (SP) e atuação 100% digital, totalmente concentrada em clientes do agro, encerrou o ano passado com carteira de crédito de R$ 168,1 milhões, um aumento de 5% em relação a 2022. As perspectivas iniciais indicavam um crescimento bem mais expressivo, mas problemas climáticos, alta de custos e queda dos preços dos grãos e do boi frearam o avanço.

Segundo a instituição, sua originação de negócios chegou a R$ 320 milhões em 2023, mesmo patamar do ano anterior, e, apesar da conjuntura adversa em algumas cadeias produtivas do setor, a inadimplência permaneceu baixa, em 0,45%. Além de atuar junto a produtores de grãos e pecuaristas, o Plantae também mantém operações com produtores de laranja, cana e eucalipto, entre outros. São cerca de 400 clientes no total.

Segundo Wolney de Medeiros Arruda Filho, fundador e presidente do Plantae, apesar dos problemas provocados pelo El Niño em algumas regiões e da persistente baixa dos preços dos grãos, a tendência é que o ritmo de crescimento do banco volte a ganhar força, e que a carteira de crédito alcance R$ 200 milhões até o fim deste primeiro trimestre.

Wolney de Medeiros Arruda Filho, fundador e presidente do Plantae (foto: Divulgação)

Nas operações da instituição, o prazo de pagamento costuma variar de seis a oito meses, mas pode chegar a um ano e meio. Os valores concedidos vão normalmente de R$ 500 mil a R$ 800 mil por CPF, mas o limite chega a R$ 3,5 milhões. A taxa de juros é inferior a 2% ao mês. As operações são isentas de IOF, uma vez que a garantia usada são os contratos de fornecimento dos produtores rurais com as agroindústrias. 

O Plantae foi criado há mais de 20 anos. Inicialmente, atuava na área de fomento comecial, e em 2021 recebeu aval do Banco Central para operar como instituição financeira. No ano passado, promoveu um aumento de capital de R$ 7 milhões para fortalecer sua estrutura, e tem ampliado investimentos em tecnologias para conferir maior agilidade na liberação dos empréstimos. Mesmo assim, o banco conta com uma equipe de gerentes que fecham os contratos com os clientes presencialmente.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.