Conteúdo editorial apoiado por

Aeroporto de Natal prospecta R$ 210 milhões em primeira oferta após relicitação

Terminal localizado em São Gonçalo do Amarante foi o primeiro relicitado no país e é gerido pela Zurich Airports

Rikardy Tooge

Publicidade

O Aeroporto de Natal registrou uma oferta para a distribuição de R$ 210 milhões em debêntures não-conversíveis em ações, marcando a primeira operação do tipo desde sua relicitação, a primeira do país, ocorrida em maio do ano passado. O terminal foi arrematado pela Zurich Airports por R$ 320 milhões por uma concessão de 30 anos.

Entre a destinação dos recursos da oferta, restrita a investidores profissionais — aqueles possuem mais de R$ 10 milhões em investimentos –, está o pagamento da parcela inicial do contrato de concessão (R$ 199,7 milhões), sendo o restante em recursos para fazer caixa frente aos investimentos necessários para modernizar o aeroporto.

Os títulos terão remuneração de 100% do CDI mais 3,75% ao ano, com vencimento em 15 de março de 2026. A previsão é que a oferta seja encerrada nesta sexta-feira (5). O Santander é o coordenador-líder da operação.

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados

Rikardy Tooge

Repórter de Negócios do InfoMoney, já passou por g1, Valor Econômico e Exame. Jornalista com pós-graduação em Ciência Política (FESPSP) e extensão em Economia (FAAP). Para sugestões e dicas: rikardy.tooge@infomoney.com.br