Conteúdo editorial apoiado por

ADM afirma que investigação não afetará resultados da empresa

Empresa perdeu mais de US$ 8,6 bilhões em valor de mercado depois de anunciar que estava investigando procedimentos contábeis

Bloomberg

O CEO da Archer-Daniels-Midland (ADM), uma das maiores tradings agrícolas do mundo, disse aos funcionários que o escrutínio sobre a empresa não impactará significativamente seus lucros trimestrais. 

Publicidade

“Somos uma empresa forte com uma posição financeira sólida”, disse o CEO Juan Luciano, em um memorando divulgado. “Essas vendas não afetam materialmente nossos resultados gerais.”

O executivo disse que a empresa espera reportar lucros acima de US$ 6,90 por ação, o que seria o segundo maior já registrado, e que os níveis de endividamento devem permanecer estáveis ​​em “níveis saudáveis”. 

As ações da ADM despencaram quase 24% esta semana, eliminando mais de US$ 8,6 bilhões em valor de mercado, depois que a empresa disse no domingo que estava investigando práticas e procedimentos contábeis relacionados ao seu negócio de nutrição. A unidade problemática representa menos de 10% da receita da gigante agrícola, mostram os registros. 

A investigação em curso envolve a transferência de mercadorias entre segmentos de negócios, disse Luciano no memorando, sem fornecer mais detalhes. 

“Quando tomamos conhecimento de possíveis problemas, dedicamos tempo para analisá-los, compreendê-los e corrigi-los, se necessário, com transparência”, disse ele. 

© 2024 Bloomberg LP

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.