Em brfsa

"Buy and hold" até quando: o que fazer com as ações da BRF após derrocada de 20%?

O assunto foi abordado no programa "Fundamente-se" desta quarta-feira

SÃO PAULO - "Buy and hold". A estratégia que consiste em comprar e carregar uma ação pensando na rentabilidade no longo prazo. Mas será que isso significa nunca vender um papel sem se importar com o que venha a acontecer?

Nos últimos 3 dias, por exemplo, os papéis da BRF (BRFS3) afundaram 20% na Bolsa em meio à nova fase da Operação Carne Fraca, a Trapaça, que atingiu em cheio a empresa. Depois dessa derrocada, será que chegou a hora de deixar o papel mesmo para quem investe pensando no longo prazo? Ou até, será que daria para ter se antecipado ao fato usando a análise fundamentalista e ter reduzido a exposição ao ativo dias antes da notícia? 

Esse assunto foi abordado no programa semanal "Fundamente-se", que excepcionalmente nesta quarta-feira (7) foi apresentado pelo professor do InfoMoney Arthur Vieira de Moraes, que ministra o curso "Viva de Renda com Fundos Imobiliários" (não conhece? clique aqui e confira agora mesmo). Participou também do programa como convidado Giácomo Diniz, sócio da Profundamentos e professor de análise fundamentalista. 

Veja abaixo a gravação na íntegra do programa:

 

Contato