Em bradesco

Bradesco aprova pagamento de R$ 4,66 bilhões a acionistas

O montante total corresponde a R$ 0,663820730 por ação ordinária e R$ 0,730202804 por ação preferencial

Bradesco 2
(Divulgação)

SÃO PAULO - O Bradesco (BBDC3; BBDC4) aprovou nesta sexta-feira (21) o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) complementares no valor total de R$ 4,665 bilhões.

O valor corresponde a R$ 0,663820730 por ação ordinária e R$ 0,730202804 por ação preferencial do banco. Esses preços correspondem a um dividend yield de 1,98% no caso dos papéis ordinários e 1,92% para os preferenciais. 

Serão beneficiados os acionistas que tiverem as ações do banco encarteiradas até o fechamento de hoje, passando as ações a serem negociadas "ex-direito" a partir da próxima quarta-feira (26).

O primeiro passo para investir é abrir uma conta em uma corretora de valores credenciada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Lembre-se que é importante escolher aquela com custos operacionais mais baixos - como a Clear, que tem taxa zero de corretagem - e que lhe oferecerá maior rentabilidade.

Uma vez com a conta aberta, basta transferir o dinheiro a ser investido de sua conta corrente para a conta da corretora. 

Neste caso, para investir nas ações do Bradesco, é preciso abrir o home broker da corretora e enviar uma ordem de compra de ações da empresa, informando a quantidade de ações a ser comprada, sendo que para garantir o dividendo é preciso segurar o papel até dia 26, justamente a "data-ex" do provento.

Seja sócio das melhores empresas do país e lucre com os dividendos: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!

 

Contato