Fed subirá os juros para 0,5% até o fim do ano

Terminada a reunião do FED, o Comitê de Política Monetária manteve os juros em 0% e anunciou que a estimativa de dez de seus dezessete diretores é que os juros subam pelo menos duas vezes nesse ano.
Blog por Pedro Paulo Silveira  

O banco central dos EUA, o Federal Reserve, acabou de divulgar a dua decisão de manter as taxas de juros inalteradas em 0%. No entanto, o FOMC (Federal Open Market Committee) divulgou as projeções feitas pelos seus membros em relação a vários indicadores e, mais prático, sobre quando eles acreditam que a taxa básica deve começar a subir e em quanto. Veja o gráfico:

 

 

 

Cada ponto representa um membro, de um total de dezessete. Note que apneas dois ficam em zero em 2015. Cinco ficam em 0,25%; cinco ficam em 0,5% e cinco e 0,75%. Portanto, quinze acreditam que haverá pelo menos uma alta em 2015 e dez que haverá pelo menos duas altas. Como a maioria é simples, com dez diretores acreditando em duas altas, hoje a maiorira acredita que a taxa básica de juro terminará em 0,75%.

A reação dos mercados foi moderada mas devem começar os movimentos de ajuste nas taxas de juros e de câmbio. A tendência é de alta dos juros e desvalorização das moedas em relação ao dólar. 

Veja as estimativas dos diretores para as principais variáveis:

 

 

 

 

Em março as "apostas" do board eram um pouco mais entensas na alta, veja a tabela de março:

 

 

 

 

Apesar do recuo de alguns membros, para patamares inferiores a 1%, aumentou a concentração (ou o consenso), em torno de um aumento nesse ano e de forma gradual.

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil do blogueiro

Economista pela FEA-USP, CNPI, atua no mercado financeiro desde 1983 e hoje exerce funções de análise econômica e de valores mobiliários. pepa2906@gmail.com