3 Características de um Top Trader

Quais as principais características de um investidor consistente?
Blog por Caio Sasaki  

O número 3 é fascinante e diversos campos da humanidade faz referência a ele para estabelecer divisões como: começo, meio e fim; fraco, médio e forte; iniciante, intermediário e avançado; diurno, vespertino e noturno... você entendeu, certo? Os exemplos não têm fim e no mundo dos investimentos não é diferente. O famoso trader e professor Alexandre Elder  cita o conceito dos 3Ms: Mente, Manejo de Risco e Método. Eu, quando abordo a questão do método, sempre digo que um trader precisa definir seus 3 pilares: qual modalidade operar (day trader, swing, position, etc), o que operar (ações, futuros, opções, etc), e como operar (Análise técnica, Tape Reading, Análise Fundamentalista, Setups & Backtests, etc). E quando falamos das fases do trader, podemos indicar as três principais: introdução, adaptação e consolidação. Partindo destes exemplos eu costumo citar com frequência o termo “Trader Nível Três”, ou simplesmente TNT, para definir o investidor consistente – aquele que, estatisticamente, representa apenas 2,3% da totalidade. Wow!!! Mas o que estes TNTs têm que os outros 97,7% não conseguiram desenvolver?

Em primeiro lugar eles possuem parâmetros de gestão de risco muito bem definidos, o que envolve desde o dimensionamento de cada operação, tecnologia, até a distribuição criteriosa de capital. Outro ponto importante, discutido exaustivamente por qualquer profissional desta área são os aspectos comportamentais do trader, que, para mim, se dividem basicamente em disciplina e motivação. Por fim – e este é o ponto onde a gigantesca maioria gasta tempo, dinheiro e energia – está a técnica, ou método, ou tática... só não gosto de usar a palavra “estratégia”, pois esta carrega um significado muito mais complexo do que simplesmente um conjunto de parâmetros para tomada de decisão. Como afirma Sun Tzu (A Arte da Guerra), ”a estratégia sem tática é o caminho mais lento para a vitória. Tática sem estratégia é o ruído antes da derrota”. Outra célebre frase do general chinês reforça meu ponto de vista: “Todos podem ver as táticas de minhas conquistas, mas ninguém consegue discernir a estratégia que gerou as vitórias”. Por isto, acredito que para ser um TNT é preciso compreender a relevância de uma verdadeira estratégia, que pode muito bem ser traduzida através de um trading plan, como citei em artigos passados.

Por fim, tudo que foi abordado até agora é teoria, e esta corresponde a apenas 30% do sucesso em qualquer atividade, segundo estudos sobre o processo de desenvolvimento de habilidades (para alguma coisa serviram as aulas de pedagogia que tive na graduação!). Costumo dizer que “ninguém aprende a andar de bicicleta assistindo vídeo aula”, e seguindo esta linha um investidor aumenta expressivamente a sua chance de sucesso se colocar a teoria em prática. E é justamente neste ponto que a maior parte dos cursos disponíveis no mercado falha, mas existe uma forma muito eficiente de unir teoria e prática.

Já comentei isto anteriormente, inclusive citando a minha experiência pessoal, mas posso voltar a falar sobre as empresas de traders (as famosas “props”). E para não te deixar esperando, já estou escrevendo a continuação deste artigo, que estará disponível amanhã cedo.

Enquanto isso, vamos enriquecer esta discussão! Deixe seu comentário abaixo!

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil do blogueiro

É trader, formado em Física pela USP e chegou a fazer mais de 300 operações por dia na Nasdaq e na Bolsa de Nova York. Foi estrategista em instituições como Citibank, Interfloat e XP Investimentos e hoje dedica parte de seu tempo para formar traders independentes. contato@sasakitraders.com.br