Raciocínio lógico

Nesta eleição, o comportamento das pessoas nas redes sociais evidenciou que boa parte delas não pensa de forma lógica. Isto, aplicado de forma prática no mercado, inviabiliza o sucesso de qualquer investidor.
Blog por Caio Sasaki  

 

Já dizia o nobel de economia Daniel Kahneman que o ser humano não foi feito para pensar de forma lógica o tempo todo. E com base nesta afirmação eu acredito que poucas campanhas do PT foram tão eficazes em arrecadar votos quanto as declarações impulsivas e mal pensadas de eleitores da oposição. Se por um lado o candidato representa o eleitor, por outro, o eleitor também é visto como um reflexo do candidato. E quando um candidato do Aécio gritava (e continua gritando) declarações do tipo "que os pobres que votam no PT continuem na miséria!", ele está na verdade advogando contra sua própria opinião, pois os eleitores indecisos e da oposição que escutam (ou leem) tamanha baboseira acabam se convencendo que, de fato, somente o PT governa para os mais necessitados (um tremendo equívoco, é claro). No fim das contas, por mais que este indivíduo tenha digitado 45 na urna eletrônica, suas palavras conduziram algumas dezenas  de pessoas a digitar 13. E o mais catastrófico disso tudo é que o causador deste efeito não se dá conta que sua atitude o condena.
A esta altura você deve estar pensando "ô, japonês, e o que a eleição tem a ver com a profissão trader?"
A eleição tem muita coisa positiva e negativa no cotidiano de um trader, pois interfere diretamente na liquidez e volatilidade do mercado. Mas o ponto aqui é a ineficiência do raciocínio lógico humano, que, entre outros aspectos da vida, afeta o desempenho de qualquer investidor em suas operações no mercado com muito mais gravidade do que qualquer resultado de eleição. Este comportamento se traduz em posicionamentos contra tendências, sem estratégia, e entradas ou saídas precipitadas nas operações, na maioria das vezes contradizendo as premissas do próprio operador. Não é a toa que a maior parte dos traders bem sucedidos que conheço gastam muito tempo e energia doutrinando o próprio comportamento para evitar tais armadilhas.
Aliás, indo muito além, é a mesma postura de agir antes de pensar (ou após pensar de forma ilógica) que leva pessoas a disparar armadilhas contra si mesmas e afetarem seus relacionamentos entre família, amigos e trabalho.
Portanto, antes de agir precipitadamente para suprir um desejo impulsivo e irracional, seja na vida ou nas operações de mercado, pense! Mas pense de verdade, pois muito pior do que um idiota, é um idiota com atitude.

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil do blogueiro

É trader, formado em Física pela USP e chegou a fazer mais de 300 operações por dia na Nasdaq e na Bolsa de Nova York. Foi estrategista em instituições como Citibank, Interfloat e XP Investimentos e hoje dedica parte de seu tempo para formar traders independentes. contato@sasakitraders.com.br