Carteira de Renda Fixa versus Fundo de Renda Fixa. Quem leva a melhor?

Há 2 semanas atrás comparamos os custos e resultados potencias de uma carteira de ações versus um fundo de ações. Hoje vamos comparar investimentos diretos em renda fixa com investimentos em fundos de renda fixa
Blog por Livia Mansur  

Segundo o ultimo relatório da ANBIMA, o patrimônio dos fundos de Renda Fixa já soma R$ 1,2 trilhões e representa quase metade da indústria de fundos do país. Mas será que esse é o melhor investimento para clientes conservadores? Que benefícios a aplicação direta em ativos de renda fixa pode trazer? Segue a lista das principais vantagens de cada investimento.

 Vantagens de aplicar em um fundo:

1)     Diversificação mesmo com poucos recursos: não podemos esquecer que no mercado de crédito a diversificação é de extrema importância. No mercado de ações, por exemplo, a diversificação também é importante, mas possui um limite, e o investidor racional também poderia optar por concentrar em alguns papéis em busca de um ganho maior. No entanto, no mercado de crédito (salvo o mercado “distressed” que comentamos no ultimo post), se o investidor concentrar seus recursos em pouquíssimos papéis não estará sendo racional, pois não terá um ganho maior por isso, mas estará assumindo um risco absurdamente maior.

2)    Reinvestimento automático dos cupons: pra quem não tem um destino certo para o a entrada periódica de recursos oriundos dos pagamentos de cupons um grande problema é controlar e reaplicar esse dinheiro. Muitas vezes é tão pouco que não é viável outro investimento. No fundo esse problema não existe e isso pode fazer uma grande diferença no longo prazo.

3)     Liquidez: os papéis mais rentáveis normalmente possuem menor liquidez. Fundos conseguem investir em papéis mais ilíquidos e mesmo assim dar uma maior liquidez para o cotista. O investidor ganha o prêmio pela iliquidez de alguns papéis sem pagar por ela, isto é, ficando “preso” no papel.

4)    Spread: na hora de comprar um ativo de renda fixa o spread (diferença entre o preço do vendedor e do comprador) é maior, em geral, para investidores menores. Um fundo de R$ 1 bilhão compra facilmente R$ 10 milhões em uma posição, e consequentemente o seu spread será menor.

5)    Gestão Profissional: Assim como citado na matéria sobre fundos de ações, fundos de renda fixa contam com uma gestão profissional e especializada.

Vantagens de aplicar em uma carteira de ativos:

1)    Custos: não há taxas de administração e performance.

2)    Previsão e Controle sobre o fluxo de caixa: para investidores que têm destino certo para o juros pagos ou um destino para os recursos no vencimento do papel, é a melhor alternativa. Fundos normalmente não têm data de maturação e normalmente não pagam dividendos.

3)    Transparência & customização: o investidor tem total transparência e total controle sobre sua carteira de investimentos. Você pode escolher os riscos que quer correr e pra quem quer emprestar seu dinheiro.

 4)  Isenção fiscal: Cada vez mais o investidor pessoa física tem tido acesso a produtos com isenção fiscal. O que não é possível para fundos de investimentos. Alguns clientes de alta renda inclusive têm desfeito seus fundos exclusivos e individuais para ter acesso à isenção fiscal como pessoa física.

 5)  Garantia: Nenhum fundo de investimento conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), o mesmo que garante a poupança. Mas alguns ativos de renda fixa sim. O que torna os investimentos diretos em ativos mais seguros que em um fundo, mesmo que extremamente diversificado. Vale lembrar que o total garantido por CPF e por instituição ou conglomerado financeiro é de até R$ 250 mil.

Um dado interessante, ainda olhando os relatórios estatísticos da ANBIMA é que, apesar do patrimônio nos últimos 12 meses da indústria de fundos de renda fixa não ter variado muito, os relatórios de Private Banking mostram uma migração clara dos fundos de Renda Fixa para produtos de renda fixa.

Pense bem antes de tomar sua decisão e faça bons investimentos!

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil do blogueiro

É especialista em alocação de recursos de clientes de alta renda e tem 10 anos de experiência no mercado financeiro. blogliviamansur@gmail.com