WhatsApp: como o aplicativo pode auxiliar o corretor de imóveis

Como a utilização correta do aplicativo WhatsApp pode ser uma ferramenta importante para agilizar o processo de vendas e dinamizar a comunicação.
Blog por Andressa Valli  

WhatsApp, o aplicativo de mensagens utilizado por 9 entre 10 pessoas que possuem smartphone. Não há como negar que é uma poderosa ferramenta para agilizar o processo de venda e ampliar a capacidade de comunicação com o cliente.

Até bem pouco tempo – mesmo na era dos smartphones – ligar e enviar mensagens via SMS muitas vezes tinha um custo alto. Por conta disso, havia limitações na capacidade de comunicação dos corretores.  Até surgir o WhatsApp e levar a palavra “comunicação” para um outro patamar.

Com a popularização do aplicativo, passou a ser possível ao corretor de imóveis marcar mais visitas, agendar reuniões, enviar vídeos, imagens e trocar mensagens com seus clientes.

 

WhatsApp: use a tecnologia a seu favor

O aplicativo está disponível para Android, iOS e Windows Phone, basta instalar no smartphone para utilizar. Nele estarão todos os contatos que também possuem o App em seus celulares. A partir daí, é possível adicionar clientes, para facilitar a comunicação e dinamizar o atendimento.

Segundo dados divulgados pela própria empresa, em abril de 2015, já eram 800 milhões de pessoas se conectando pelo famoso WhatsApp.

Para que a ferramenta seja usada de forma correta, o corretor deve deixar seu número de WhatsApp disponível em seu site e cartão, sem nunca esquecer que o aplicativo é para trabalhar a seu favor e não contra você! SEMPRE questione o seu cliente sobre o uso do aplicativo e tenha certeza que ele não irá se opor ou achar muito invasivo esse meio de comunicação. Ainda hoje, há pessoas que preferem que o contato seja feito via telefone ou  e-mail. Respeite.

WhatsApp corretores
WhatsApp corretores

 

O BlogDaLux.com.br dá algumas dicas para o tiro não sair pela culatra: 

1.   Pergunte ao cliente se você pode adicioná-lo

Ao adicionar um contato na agenda do  smartphone, ele automaticamente será reconhecido pelo Whatsapp e a partir daí, será possível manter a comunicação por este canal. Mesmo com toda esta facilidade, a linha da invasão se torna muito tênue. O corretor não deve esquecer nunca de perguntar ao cliente se ele permite que o WhatsApp seja utilizado . Resista a tentação de surpreender com mensagens do tipo: ‘Olá Fulano, sou o corretor que lhe atendeu’, pelo contrário, deve-se pedir a esta pessoa a permissão para a utilização. Solicitar isso através de e-mail, chat, telefone ou mesmo pessoalmente, se for o caso. Com certeza esse comportamento  irá diminuir sensivelmente a chance de ser evitado e bloqueado pelo cliente.

 

2. Apresente-se adequadamente

É comum corretores terem mais de um número de telefone. Muitos possuem um para cada operadora e por conta de vários motivos, acabam se perdendo diante de tantas opções, fazendo confusão e comunicando-se com seus clientes primeiro pelo WhatsApp da operadora X e terminando pelo da operadora Y.

O corretor de imóveis deve ter cuidado com a imagem do seu perfil, a linguagem adotada em suas mensagens e o timing desse contato. Encher o cliente de mensagens é totalmente inadequado no início de um relacionamento comercial.

 

3. Cuidado com os grupos

Uma função muito utilizada no aplicativo é a possibilidade de criar grupos para troca de informações. E como não é preciso pedir autorização para incluir alguém em um grupo, alguns corretores erram ao incluir ou criar grupos para seus clientes. Além de invasivo, a prática pode ser um tiro no pé, adicionados a um grupo eles conversarão entre si, dividindo opiniões sobre preços e demais informações sobre seus próprios imóveis.

 

4. Evite Spam via WhatsApp

Algums corretores têm o hábito de adicionar listas de telefone em sua agenda para aproveitar os contatos no WhatsApp e, assim enviar suas ofertas imobiliárias. Esta prática está para o marketing da mesma maneira que o spam via e-mail. Com o agravante que a pessoa pode se sentir mais exposta e denunciar o corretor.

 

5. Evite enviar mensagens de voz

Um outro recurso disponível no WhatsApp é a gravação de mensagens de voz. Ótima alternativa para quem por algum motivo não pode digitar momentaneamente, a mensagem de voz não é a melhor indicação, pois fica gravada por um tempo no celular de quem a recebeu, ocupando espaço e memória no aparelho. Caso seja indispensável conversar, utilize o recurso ligação via WhatsApp, presente na maioria dos smartphones com o aplicativo.

Assim como a maioria dos recursos tecnológicos, o WhatsApp é um excelente aliado para o corretor de imóveis. Sua utilização correta será capaz de proporcionar economia de tempo e dinheiro e por conta disso será possível produzir melhores resultados. Mas é necessário ter consciência dos limites que se pode chegar na interação com o cliente para que os efeitos da comunicação sejam sempre positivos.

 

Fonte: BlogDaLux.com.br

Link:  http://bit.ly/1Pe91Ol


Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil da blogueira

É publicitária, pós-graduada em relações públicas e gerente comercial de uma das maiores imobiliárias do país. contato@blogdalux.com.br