Inquilino: amigo ou inimigo?

Dicas de como escolher o inquilino certo para alugar seu imóvel, a partir das prioridades do locador e o que ele considera importante como regras básicas.
Blog por Andressa Valli  

Ser proprietário de um imóvel de locação é para os fortes. Inquilino é aquela pessoa que pode ser um aliado, mas também pode dar problemas e prejuízos. Infelizmente, a burocracia, leis ultrapassadas e uma justiça lenta fazem dessa relação proprietário X inquilino algo delicado e cercado de cuidados.

“Será que eu vou receber o aluguel em dia ?  Será que o inquilino vai destruir o  meu imóvel? Duas crianças? Três cachorros?”

São muitas as perguntas que um proprietário faz quando coloca seu imóvel para locar. É um patrimônio e, mesmo que seja um investidor com várias unidades, ele certamente prefere alguém que cuide do que é dele e que não dê trabalho.  

Escolher um inquilino não é uma tarefa fácil, mas o BlogDaLux.com.br tem  3 dicas para ajudar  a encontrar o locatário ideal e evitar  dor de cabeça futura:


• Contrate os serviços de uma imobiliária

Esta é uma dica de ouro, talvez a mais importante de todas! O corretor de imóveis, pela sua experiência profissional, está apto para ajudar  nesta tarefa e no tempo certo.  Muitos clientes não querem ter essa despeza, mas você irá agradecer por ter uma imobiliária te assessorando quando a fiação elétrica ou o encanamento der problema.   Ele vai cuidar de todas as etapas da locação do  imóvel desde a divulgação até a confecção do contrato.

• Faça perguntas! Peça referências

O corretor de imóveis é o responsável pela intermediação. O proprietário deve perguntar  a ele qual é o perfil dos interessados no imóvel e, caso apareça um candidato em  potencial, não há problema em perguntar: há quanto tempo está empregado, quantas pessoas moram com ele, se tem filhos, animais de estimação, porque está se mudando. Peça para o consultor verificar os antecedentes deste cliente. Importante lembrar que o imóvel é patrimônio e o proprietário tem o direito de conhecer quem vai ocupá-lo. Outra dica é pedir referências a antigos locatários e empregadores.

• Defina suas prioridades e as suas regras

O mais importante é ter o imóvel locado em longo prazo, mesmo que o tempo do aluguel seja um pouco menor ou é mais importante investir no valor do aluguel do que no tempo do contrato? 

 Você não quer ter problemas com os vizinhos e, portanto não quer inquilinos que sejam barulhentos?

O cuidado com o jardim é essencial?

Defina com o corretor quais são as prioridades ao buscar um inquilino e quais os cuidados que ele precisa ter com o imóvel e com osvizinhos.  Dessa forma, o consultor imobiliário poderá buscar uma pessoa compatível com as necessidades desse cleinte, e mais, incluir no contrato itens que são essenciais.

Enfim, ao contratar os serviços de um bom profissional e ter uma relação transparente e de confiança com ele, não haverá dificuldades de encontrar o inquilino ideal.

 

Fonte: BlogDaLux.com.br

Link: http://bit.ly/1gvhqS4

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil da blogueira

É publicitária, pós-graduada em relações públicas e gerente comercial de uma das maiores imobiliárias do país. contato@blogdalux.com.br