Líderes Nocivos do Mercado Imobiliário

O clima de competição do mercado imobiliário ajuda a produzir líderes motivadores e cooperativos, mas também produz líderes altamente nocivos.
Blog por Andressa Valli  

 

O mercado imobiliário é um ambiente extremamente competitivo, as premiações são altas e, talvez devido a isso, as metas são bem agressivas.

Esse clima de competição ajuda a produzir líderes motivadores e cooperativos, mas também produz líderes altamente nocivos.

 

Como identificar um líder nocivo?

Primeiramente, ele tende a diminuir  a importância dos membros da equipe, sufoca talentos e cria uma atmosfera de trabalho pouco produtiva, onde o objetivo é apenas alcançar sua meta a qualquer preço. Não existe meio termo ou fator externo que possam interferir em seu alvo e, para isto, qualquer que seja a atitude é justificada.

A responsabilidade de um corretor de imóveis não termina no momento do fechamento da venda ou no recebimento da comissão. Trabalhar no mercado imobiliário é também ter noção da responsabilidade de atuar em um ramo de atividade de longo prazo que requer acompanhamento de várias etapas. A venda pela venda não deve ou não deveria existir, pelo menos.

No mercado imobiliário, o processo de vendas é semelhante a uma atividade agrícola, que foi planejada, preparada, plantada e colhida. Caso seu gestor apresente estratégias que mais o aproximem de um gafanhoto, que ataca a colheita sem se preocupar com o amanhã, ele possui grande chance de ser um líder nocivo.

Um gestor que ‘empurra’ goela abaixo do cliente negociatas que certamente comprometerão sua capacidade financeira está pouco comprometido com este mercado.

Apesar de parecer um problema isolado, ultrapassado, de uma era distante, a liderança nociva é mais comum e danosa do que se imagina. Para se ter uma ideia, o exército dos EUA, para coibir e lidar com este problema e sua influência negativa sobre suas tropas publicou um manual onde definiu: “a liderança nociva é uma combinação de atitudes egocêntricas, motivações e comportamentos que tem efeitos adversos sobre os subordinados, a organização e desempenho da missão. Este líder não possui preocupação com os outros e com o clima da organização, o que leva a efeitos negativos a curto e a longo prazo.”

No meio corporativo moderno, onde estão inclusas as imobiliárias, cada vez mais as empresas de vendas buscam líderes assertivos, que possuam foco nos resultados, mas sem perder de vista o cuidado com as pessoas e com aquilo que os motiva.

Se na busca por resultados, seu gestor ultrapassa a fina fronteira entre a pressão por resultados pelo desrespeito a sua dignidade ou seus princípios, pare e avalie se existe a possibilidade de mudar de equipe.

 

Fonte: BlogDaLux.com.br

 Link:  http://bit.ly/1Gimxta

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil da blogueira

É publicitária, pós-graduada em relações públicas e gerente comercial de uma das maiores imobiliárias do país. contato@blogdalux.com.br