O que é o RI (Registro de Incorporação) e para que serve?

É comum ouvirmos siglas e mais siglas no mercado imobiliário. No entanto, nem sempre fica claro o que elas querem dizer.
Blog por Andressa Valli  

Esta foi uma das motivações para eu criar o BlogDaLux.com.br: esclarecer terminologias e, claro, suas aplicações práticas no mercado imobiliário.

É o caso do que já explicamos, por exemplo, sobre o INCC.

Desta vez, vamos esclarecer o que é o RI.

RI – que quer dizer Registro de Incorporação é um registro que garante algumas questões referentes ao empreendimento. É através deste documento que são descritos detalhes importantes sobre o empreendimento, como memorial descritivo, todas as possibilidades de área de lazer e salões de festa, áreas comuns, vagas de garagem (número, disposição, etc), áreas privativas, número de elevadores, etc.

Sem o Registro de Incorporação, o imóvel não pode ser comercializado, pois ali também constam determinações da prefeitura e a liberação deste registro só é concedida mediante as condições sejam todas atendidas.

Sendo assim, o RI é uma garantia para o comprador de que o projeto foi inspecionado e liberado, além de também servir para determinar que as coisas saiam conforme este documento.

Fonte: BlogDaLux.com.br

Link da postagem: http://bit.ly/1aIeqOn

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

Deixe seu comentário

Perfil da blogueira

É publicitária, pós-graduada em relações públicas e gerente comercial de uma das maiores imobiliárias do país. contato@blogdalux.com.br