Em bematech

Bematech reverte prejuízo milionário e volta a gerar caixa no trimestre

Empresa teve lucro de R$ 9,66 milhões entre julho e setembro, revertendo de prejuízo de R$ 51,52 milhões

Bematech 02 - Fábrica - funcionário
(Divulgação Bematech)

SÃO PAULO - A Bematech (BEMA3) reverteu o prejuízo de R$ 51,52 milhões registrado no terceiro trimestre de 2011 ao mostrar um lucro líquido de R$ 9,66 milhões no mesmo período deste ano - acumulando lucro de R$ 21,74 milhões ao longo dos nove primeiros meses de 2012, comunicou a empresa nesta terça-feira (6). 

A companhia, uma das poucas empresas de tecnologia listadas na BM&FBovespa, teve receitas líquidas de R$ 86,34 milhões - alta de 20,4%, atingindo um total de R$ 241,16 milhões ao longo de 2012. A companhia voltou a gerar caixa, dado que o Ebitda (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização) saiu dos R$ 70,92 milhões negativos para R$ 18,39 milhões nos últimos três meses - levando a margem Ebitda (relação entre receita líquida e Ebitda) para 21,3%.

"As medidas que tomamos ao longo do último ano possibilitaram a construção de sólidos pilares para nosso crescimento", afirma Cleber Morais, presidente e diretor de relações com investdores da companhia. Ele destaca que o crescimento tem sido realizado de maneira paulatina e consistente ao longo dos últimos meses. 

"Anunciamos no terceiro trimestre do ano passado a criação de uma nova base para o crescimento da empresa e mantivemos rigorosa disciplina na execução dessa estratégia", acredita o presidente da companhia. Ele destaca em especial a parceria recente com a Elavon, credenciadora de cartões norte-americana, que pode impulsionar as receitas da empresa com o segmento de serviços.

Recentemente, as duas companhias firmaram um acordo de profit-sharing em relação aos clientes das máquinas de cartões da Bematech que usarem a Elavon como credenciadora. 

 

Contato