Em b3

Relator da Previdência pode poupar B3 de alta da CSLL e ação deve reagir positivamente

Na sexta-feira, papéis B3SA3 caíram mais de 5% com notícia de que a bolsa brasileira também poderia ser impactada com tributo

B3
(Divulgação)

SÃO PAULO - A notícia de que a B3 (B3SA3) também poderia ser atingida pelo aumento da alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para 20% levou a um forte impacto para as ações da bolsa brasileira, que caíram 5,32% na última sexta-feira (14).

Segundo projeções do Bradesco BBI, a elevação da alíquota levaria a um impacto negativo de 7% na projeção para os ganhos da B3 em 2020, o que levou a essa forte queda dos papéis. 

Porém, uma possível reviravolta pode animar os papéis B3SA3 na sessão desta terça-feira (18). De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP), estuda rever o trecho da proposta que poderia levar ao aumento da alíquota sobre a bolsa paulista. 

A reportagem destaca que a equipe de Moreira analisa como o trecho da proposta foi escrito. Caso entenda que a B3 é afetada, poderá mudar o texto para que ela não seja atingida.

A proposta de aumento da CSLL desagradou a integrantes do Ministério da Economia e aos bancos, que aumentam o lobby para convencer o relator.

"O anúncio é positivo para B3. Na semana passada, o governo propôs aumento da contribuição social para 20% ante 9% para a B3, e a ação sofreu desde a última sexta-feira. Agora, dado o anúncio de que esse aumento poderia ser revertido para o B3, esperamos uma reação positiva para o mercado hoje", destacam os analistas do Itaú BBA. 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

 

Contato