Em americalatinalogistica

ALL cai 6% com notícia de oferta de ações; empresa nega rumor

Analistas veem como negativo a ideia da empresa realizar um aumento de capital, levando em consideração as atuais condições de mercado

ALL logistica
(Divulgação ALL)

SÃO PAULO - As ações da América Latina Logística (ALLL3) registram forte desvalorização no pregão desta terça-feira (18) em meio à possibilidade da empresa fazer um aumento de capital. Às 11h45 (horário de Brasília), os papéis caíam 6,0%, a R$ 9,40, após atingir na mínima do dia queda de 6,80%, a R$ 9,32. No mesmo horário, o Ibovespa recuava 0,79%, a 48.698 pontos. 

Segundo informações do Valor, a ALL estuda a ideia de fazer um aumento de capital para poder investir na melhoria de ativos e na malha ferroviária. Essa operação está em discussão e deverá ocorrer após a conclusão das negociações da entrada da Cosan (CSAN3) no bloco de controle da ALL, que ainda não tem prazo para ser concluída.

No mercado, há indicações de que a companhia precise levantar entre R$ 3 bilhões e R$ 3,5 bilhões para fazer investimentos para melhorar sua eficiência. 

Procurada, a assessoria de imprensa disse que a empresa "nega veementemente" a informação. 

Em relatório, a equipe de análise da XP Investimentos classifica a possibilidade do aumento de capital como um evento potencialmente negativo para a ALL. 

De acordo com eles, a empresa estaria disposta a negociar uma antecipação de renovação contratual de suas concessões, mas para tal precisa ter sua malha ferroviária com mínimos cuidados. Mediante as recentes reclamações por parte de clientes, eles veem a necessidade de um investimento paliativo pela ALL. Em suma, considerando um eventual overhang e as atuais condições de mercado para oferta de ações, os analistas reafirmam a expectativa negativa acerca do evento. 

 

Contato