Em agrencolimited

Ações da Agrenco disparam com notícias de que tentará anular dívidas

Nesta manhã, alta é de R$ 0,03; na oscilação anualizada, companhia apresenta desvalorização de 39,22% e em 2012 alta de 106,67%

Agrenco - Fábrica
(Divulgação Agrenco)

SÃO PAULO - Após divulgar a abertura de ações judiciais para anular dívidas fiscais consideradas "inexistentes" no Mato Grosso, a Agrenco (AGEN11) vê seus BDRs (Brazilian Depositary Receipts) dispararem na Bovespa. Às 11h40 (horário de Brasília), esses papéis subiam 7,14% - ou dois centavos -, cotados a R$ 0,30, após terem chegado a valer R$ 0,32 no começo desta segunda-feira (20) - o que indicava valorização de 14,29%.

Na primeira hora desde a abertura do pregão, foram registrados 432 negócios, totalizando R$ 6,993 milhões. Mantida essa alta, os ativos AGEN11 somam ganhos de exatos 100,0% em 2012, embora nos últimos 365 dias eles apresentem desvalorização de 41,18%.

Segundo comunicado ao mercado, além da tentativa de anular essas dívidas, a companhia de agronegócios também afirmou que está buscando investidores para as unidades. "Com a entrada de um investidor estratégico e a implementação da capacidade operacional dos complexos industriais, o valor da companhia e de seus BDRs aumentará significativamente", ressaltou a empresa em comunicado.

A Agrenco informou ainda que contratou empresa especializada para criar um "data room" para dar mais transparência às informações da empresa. Por fim,  ela refez projeções de capacidade de processamento de soja, elevando para 2.100.000 mt/ano base soja. "Estes novos parâmetros ajustam para melhor e mais consistente, as perspectivas de geração de valor da empresa e de seu Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) projetado em montantes de até 40% maiores do que as projeções anteriores", disse a companhia.

Histórico negro
Com isso, a Agrenco procura apagar recentes más notícias divulgadas aos acionistas. Em novembro de 2011 a empresa anunciou a demissão de 85% de seus funcionários e o fechamento das duas fábricas no Brasil.

Em dezembro do mesmo ano, o CEO e o diretor de relações com os investidores da companhia apresentaram renúncia. Vale ressaltar ainda que em 2011 o BDR da Agrenco registrou o pior desempenho das empresas com capital aberto (-94,81%).

Até o final deste mês, a Agrenco pretende entregar balanço auditado do final de 2011 à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e ao mercado.

 

Contato