Máquinas de dinheiro?

Saiba como ganhar dinheiro com negociações automatizadas e muito mais.

A edição 56 da Revista InfoMoney traz na capa uma matéria especial sobre investimentos em Bolsa usando sistemas automatizados. Conversamos com os gestores dos principais fundos quantitativos do país, que mostraram suas estratégias e os desafios de gerir um fundo sem a ajuda de analistas, usando apenas os algoritmos. Carlos Chaves é um destes gestores e comanda o fundo multimercado mais rentável do país, o Seival FGS Agressivo FIC de FIM. O fundo foi criado em dezembro de 2009 e registrou resultados pouco expressivos até 2013, quando então engrenou. Em pouco mais de cinco anos, a rentabilidade chega a 130% - ou 240% do CDI.

Uma outra maneira de surfar nesta alta do dólar é com a compra de ações de empresas que possuem receitas na moeda americana. Na reportagem, a Revista InfoMoney conversou com especialistas que indicaram os papéis que vão se beneficiar deste movimento. Na matéria especial de capa você ainda vai ver como investir em imóveis nos Estados Unidos e se tiver interesse também pode abrir uma conta offshore – nós explicamos os procedimentos para esta operação.

Além dele, conversamos com os responsáveis pelo fundo Sparta Dinâmico, que investe em 160 ações diferentes e chega a realizar 2.500 negócios diariamente tentando capturar microdistorções no mercado. Também entrevistamos Rodrigo Maranhão, que gere o Kadima FIC FIM, fundo que tem R$ 150 milhões de patrimônio e desde seu lançamento em 2007 conseguiu garantir um retorno anual médio de 138% do CDI.

Ainda na matéria de capa, falamos sobre os vieses comportamentais que influenciam seus investimentos e mostramos como vencer estes “vícios de comportamento” na hora de investir na Bolsa de Valores.

E MAIS...

Nesta edição da Revista InfoMoney você ainda vai conferir as melhores aplicações de renda fixa para aproveitar o juro alto e ter um rendimento maior com risco baixo.

Nossa reportagem também foi atrás de pessoas que trabalhavam no mercado financeiro e resolveram mudar completamente de rumo em busca de maior qualidade de vida. Entre os entrevistados está um casal que largou um emprego estável em um banco e agora está dando a volta ao mundo de carro.

A edição 56 traz ainda uma matéria sobre as ações do Bradesco e do Itaú, que figuram entre as mais recomendadas pelos analistas e ainda têm espaço para valorização.

New Call-to-action