Em onde-investir

Tesouro Direto abre espaço para fundos multimercados na preferência do investidor brasileiro

CDBs e robôs de investimentos continuam liderando o aumento das buscas no ranking de pesquisas

investimentos gráficos
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O interesse dos investidores brasileiros por CDBs e por Tesouro Direto caiu em fevereiro, enquanto subiram as buscas por fundos multimercados, Letras de Câmbio e RDBs (Recibo de Depósito Bancário), aponta levantamento do Yubb, buscador de investimentos. 

"As buscas por investimentos no Tesouro Direto sofreram queda expressiva de 15,85%, possivelmente por conta da queda da Selic para 6,75% no começo do mês", avalia o CEO do Yubb, Bernardo Pascowitch. O destaque ficou para o aumento nas buscas por multimercados, que cresceram 17,41%.

Apesar de pequena desaceleração em fevereiro, CDBs e robôs de investimentos continuam liderando o aumento das buscas no ranking de pesquisas. 

Veja ranking de buscas: 

Produto Variação entre  janeiro e fevereiro
RDB 145,71%
Letra Financeira 72,92%
LCI 38,61%
Fundo Multimercado 17,41%
Letra de Câmbio 16,24%
Fundo DI 4,95%
Robôs de Investimento -1,71%
CDB -6,04%
Fundo de ações -11,87%
LCA -14,40%
Tesouro Direto -15,85%

Fonte: Yubb

Pascowitch ressalta também o aumento de 145,71% nas buscas por RDBs. "Emitidos por financeiras, eles trazem rentabilidade muito mais alta, apesar do risco maior". O mesmo acontece com as LCs, cujas pesquisas aumentaram em 16,24% em fevereiro do que no mês anterior.

Um detalhe curioso observado durante a análise de dados do período revela que, na semana imediatamente seguinte ao Carnaval, as buscas aumentaram em 103% no site. Já durante o feriado festivo, houve queda de 75% em relação ao mesmo período da semana anterior à folia.

Quer encontrar esses investimentos em uma só plataforma? Clique aqui e abra uma conta na Rico 

Contato