Veja quanto você ganha na poupança com a Selic em 8,5%

De acordo com o Ministério da Fazenda, com a Selic em 8,5% ao ano, a poupança rende 0,48% ao mês mais TR
Por Diego Lazzaris Borges  
a a a

SÃO PAULO – O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu aumentar a Selic (taxa básica de juros) em 0,50 ponto percentual, para 8,5% ao ano, na reunião encerrada nesta quarta-feira (10). Com isso, a caderneta de poupança passa a render mais, já que a aplicação mais popular do país também está atrelada à taxa básica de juros, desde as mudanças que ocorreram em maio do ano passado.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa

De acordo com o Ministério da Fazenda, com a Selic em 8,5% ao ano, a poupança rende 0,48% ao mês mais TR (Taxa Referencial), conforme a tabela a seguir:

Remuneração da poupança com as novas regras
Taxa SelicRendimento (sem incluir TR)Estimativa de rendimento (incluindo TR)
Mensal Anual Anual
8,5% 0,48% 5,95% 6,17%
8% 0,46% 5,60% 5,60%
7,5% 0,43% 5,25% 5,25%
7% 0,40% 4,90% 4,90%
6,5% 0,37% 4,55% 4,55%
6% 0,34% 4,20% 4,20%
5,5% 0,32% 3,85% 3,85%
5% 0,29% 3,50% 3,50%
4,5% 0,26% 3,15% 3,15%
4% 0,23% 2,80% 2,80%
3,5% 0,20% 2,45% 2,45%
3% 0,17% 2,10% 2,10%
2,5% 0,14% 1,75% 1,75%
2% 0,12% 1,40% 1,40%

Entenda
Pelas novas regras da rentabilidade da caderneta de poupança, que passaram a valer no dia 4 de maio de 2012, o rendimento da aplicação passa, sempre que a Selic estiver em 8,5% ao ano ou menos, a ser calculado em 70% da Selic mais TR (Taxa Referencial). Se a Selic estiver acima de 8,5% a.a., nada muda e a rentabilidade continua em 0,5% ao mês mais TR.

As novas regras só valem para aplicações efetuadas a partir de 4 de maio de 2012.

O principal objetivo do Governo com a mudança é possibilitar a redução da taxa de juros sem que a poupança se torne uma aplicação mais atrativa do que fundos DI e títulos públicos.

Deixe seu comentário

(11/07/2013 09:00:43) Gostaria que algum brilhante economista me explicasse o seguinte. Por que em vários Países da Europa, nos EUA e na Asia vemos juros baixos, alto endividamento, deficit orçamentário e inflaçao baixa, quase zero. Por que? Será que aqui no Brasil não há um lobby para se manter a taxa de juro alta? Será que não há aqui no Brasil um abuso por parte dos empresários? Será que o que não falta aqui é uma educaçao ao consumidor para que mude seus hábitos? O que será?
Eduardo Wegner (11/07/2013 09:31:33) O governo concedeu crédito demais para a população, o resultado disso é a inflação. Agora precisam aumentar a taxa de juros para que o consumo diminua e com isso a inflação desacelere.
(11/07/2013 09:56:21) Eduardo Wegner Vc se esqueceu de mencionar que o governo precisa reduzir seus gastos, e desonerar os investimentos, para que os empresários produzam mais, e dessa forma os preços não subam.
Rubens Pereira (11/07/2013 09:57:41) O Brasil não tem estrutura para trabalhar com taxa de juros baixa, quando os juros caem aumenta o consumo é bom... mas o governo não incentiva as industrias e o comércio em geral, como por exemplo a baixa permanente de impostos, diminuição de salários de deputados e senadores, combate a corrupção na previdência, são algumas coisas que poderiam ajudar a economia, porem como nada disso acontece a inflação aumenta aí o governo vai e faz o óbvio.... aumenta a taxa de juros e assim caminhamos por várias décadas
Juliana Zucoloto (11/07/2013 12:00:21) Nem sempre o caminho mais simples é o mais correto, o Brasil vai sempre por ai !, descontrola seu orçamento publico, não incentiva investimentos em infraestrutura, Sr Mantega seguiu a teoria de Keynes um pouquinho de inflação para gerar crescimento e empregos...esqueceu que nossa economia adora uma indexação....kkkkk deu no que deu !! agora é apertar os cintos dos gastões do governo.....Edson.
Tassio de Oliveira (11/07/2013 12:27:56) A questão básica da nossa inflação alta esta relacionado a taxa de câmbio e oferta de produtos internos. O Brasil possui um incentivo de crédito muito grande para consumo, mas não possui oferta de crédito para produção na mesma proporção. Sofremos com infraestrutura e falta de tecnologia, obrigando o país a ter que importa muitos produtos (insumos). Enfim, a taxa de juro sobe devido a pressões dos itens citados a cima, e sobre o LOBBY dos empresários e do governo, é bobeira!! é falta de conhecimento básico de macroeconomia. Basta buscar na mémoria e nos noticiários sobre o início da crise mundial acarretando em uma baixa taxa de juros no Brasil, porque? procure os itens que citei acima e compare cm a realidade, que saberá porque os juros caíram naquele momento. Abraço
Diogo Miachita (12/07/2013 09:59:24) tomara que chegue a 250% ao ano