Em onde-investir / infomoney-responde

Onde investir R$ 7 mil por 30 meses?

Denis Cardinal Beltrão, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitora do InfoMoney

Dúvida
(ThinkStock)

Pergunta

Somos um casal vivendo no Japão e teremos uma parcela fixa para investimento de R$ 7 mil, estamos dispostos a fazer esse investimento durante 30 meses. Qual a melhor opção de investimento dentro desse prazo?

Leitora: Adriana

Resposta de Denis Cardinal Beltrão, CFP, Planejador Financeiro Certificado pelo IBCPF

Cara Adriana,

Para um planejamento financeiro eficaz é importante observar alguns pilares antes de tomarmos qualquer decisão: perfil do investidor, objetivo do investimento, momento de vida e cenário econômico. 

Pela pergunta, a princípio vocês têm um objetivo traçado e já determinaram o prazo de resgate do recurso, entendo que não poderemos correr risco com esse investimento. 

Desta forma, e considerando o prazo de 30 meses da aplicação, a melhor alternativa atualmente será o Tesouro Selic , título público que irá acompanhar a taxa básica de juros.

Além de não ter não volatilidade no período da aplicação, a rentabilidade está em um excelente patamar, visto que os juros atualmente estão em 14,25% a.a, e deve permanecer alta pelo menos até final de 2016.

As principais vantagens de investir em título púbico são:

  1. Baixo risco;
  2. Liquidez diária (Tesouro recompra os títulos diariamente);
  3. Rentabilidade atrativa;

Para investir no Tesouro Direto você terá alguns taxas sobre o valor investido:

  1. CBLC: 0,30% ao ano que é cobrada semestralmente, no primeiro dia útil de janeiro ou julho, ou na ocorrência de um evento de custódia (pagamento de juros, venda ou vencimento do título), o que ocorrer primeiro.
  2. Taxa de Custódia da Corretora: De 0% até 2%, depende da corretora que utilizar. Verifique os valores no site do Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov.br)

O imposto de renda será cobrado no momento do resgate e alíquota será 15% após dois anos.

Adriana, para comprar o título é preciso abrir uma conta em um banco ou corretora que possibilite acesso ao Tesouro Direto.

Como o atual cenário é de grande incerteza e volatilidade, é importante de tempos em tempos rever seus investimentos e buscar oportunidades, caso faça sentido para o perfil e momento de vida de vocês.

O site do Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov.br) poderá esclarecer todas suas dúvidas caso elas apareçam.

Denis Cardinal Beltrão é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser feitas por meio da plataforma Ganhe Mais. Cadastre-se gratuitamente e tire suas dúvidas com planejadores certificados e capacitados.


Conheça mais sobre a IBCPF, Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros
http://www.ibcpf.org.br/

Contato