Em onde-investir / fundos-de-investimento

Gestoras fecham 5 fundos de investimentos para manter rentabilidade elevada

A mudança nos ganhos tem levado investidores a sair em busca de aplicações mais arrojadas

SÃO PAULO – As sucessivas quedas na Selic – oito cortes até agora – têm elevado a atratividade de fundos de investimentos, uma vez que os investidores de renda fixa precisam diversificar e arriscar mais em seus aportes.

No Boletim Focus desta semana, o mercado aponta para recuo da Selic para 7% ao fim de 2017. Neste sentido, a rentabilidade de diversos investimentos também caem. A taxa do título do Tesouro Direto atrelado ao IPCA com vencimento em 2024, por exemplo, viu sua rentabilidade recuar de 4,92% para 4,68% no último mês.

A mudança nos ganhos tem levado investidores a sair em busca de aplicações mais arrojadas e acabam cruzando com os fundos de investimentos nesse caminho. As gestoras, do outro lado, precisam controlar o tamanho do patrimônio dos fundos para manter os ganhos obtidos até aqui para os novos clientes.

Neste sentido, cinco fundos de investimentos foram fechados recentemente. No dia 10 de agosto, a AZ Quest fechou o AZ Quest Altro FIC FIM após superar a marca de R$ 1,1 bilhões. Na última janela de abertura – de 7 de julho a 10 de agosto – o fundo captou aproximadamente R$ 300 milhões.

A Truxt fechou, sem previsão de reabertura, o fundo Truxt Long Short XP para novas aplicações em 4 de setembro. A estratégia que, assim como os demais fundos da casa, teve início no começo do mês de junho, ultrapassou a marca de R$ 1,2 bilhões.

A XP Gestão fechou o fundo XP Dividendos para captação no dia 31 de agosto, quando o veículo de aproximou da marca dos R$ 350 milhões. No mesmo dia foi aberto um novo fundo, que espelha o XP Dividendos e conta com a mesma estratégia, mas tem prazo de resgate mais longo.

A SRM fechou o fundo Exodus 90 para novas aplicações na Plataforma de Fundos XP. Os outros fundos da família Exodus, Exodus 180 e Exodus 360, seguem abertos para captação.

O fundo Valora Guardian XP deixou de receber novas aplicações no dia 22 de agosto, quando a estratégia ultrapassou a marca de R$ 450 milhões. Até o momento não há uma previsão para uma nova janela de abertura.

Ainda seguindo a estratégia de manutenção de ganhos dos investidores, o fundo Modal Eagle FIC FIM teve sua taxa de administração reduzida de 2% para 1,50%.

investimento gráficos
(Shutterstock)

Contato