Em onde-investir / fundos-de-investimento

Homem que se aposentou antes dos 40 e viaja o mundo conta como chegou lá

Jeremy Jacobson vive, atualmente, em Taiwan e pretende ir para o México em breve

SÃO PAULO – Jeremy Jacobson, de 40 anos e sua esposa, Winie Tseng, de 36 anos, têm uma vida que muitos desejam: são jovens e já estão aposentados e viajando o mundo. No entanto, o caminho para alcançar o objetivo não foi simples, eles cortaram vários gastos, venderam o carro e passaram mais tempo em casa ao invés de sair. Os dois contam suas histórias e dão dicas de investimento no blog GoCurryCracker.

Você tem dúvidas sobre como organizar suas finanças? Quer investir melhor? Cadastre-se gratuitamente no Ganhe Mais e tenha acesso a uma rede de centenas de planejadores financeiros certificados e capacitados 

Em entrevista exclusiva ao InfoMoney, Jeremy conta como foi o planejamento para se aposentar cedo, onde investem, os maiores erros na hora de investir o dinheiro e quais são os próximos países que pretendem investir. Confira:

InfoMoney: Como foi o planejamento para alcançar a meta de se aposentar tão cedo e viajar o mundo?

Jeremy Jacobson: Quando decidimos que queríamos nos tornar financeiramente independentes de modo a poder viajar, tínhamos muitas questões: Quanto poupar? Como investir de modo a o nosso portfólio durar por toda a vida? Como faríamos com nossa saúde e com a criação de uma criança?

Uma coisa incrível sobre a internet é que você pode achar fóruns online e blogs de pessoas com interesses similares. Nós achamos fóruns de pessoas que querem se aposentar mais cedo e blogueiros que viajam com a família. A partir daí, conseguimos ver o que outras pessoas fizeram e abraçar suas ideias.

IM: Onde vocês investem?

JJ: Nosso portfólio está 100% em fundos de índice da Vanguard (mesma aplicação que Warren Buffett indica para sua esposa). O melhor conselho que eu posso dar é minimizar taxas ao investir em fundos de índice. Isso vai resultar em maior ganho no longo prazo.

IM: Qual foi o maior erro ao investir que vocês cometeram?

JJ: Quando eu era mais jovem, achava que era inteligente o suficiente para selecionar as ações que iriam subir mais rápido e mais alto. Eu estava errado e perdi dinheiro ou tive performance abaixo do índice. Agora eu pulo as ações individuais e simplesmente invisto em fundos de índice. Eu também perdi dinheiro tentando investir em propriedades para alugar.

IM: Vocês mantém suas despesas baixas agora que estão aposentados?

JJ: Nós decidimos começar nossas viagens em países com baixo custo de vida para deixar nossas despesas menores no início. Conforme nosso dinheiro continue crescendo e rendendo, nós podemos gastá-lo. Por isso decidimos começar a viagem no México e Guatemala e não na Europa Ocidental ou Japão.

Algumas pessoas podem achar que nossas despesas são baixas e outras podem achar o contrário. Para nós, as despesas estão corretas. Temos tudo que precisamos, temos dinheiro o suficiente para sustentar o estilo de vida que gostamos. Mais dinheiro não nos faria nem um pouco mais felizes e nós podemos fazer tudo que temos vontade.

IM: Vocês ainda mantém algum trabalho ou estão 100% aposentados?

JJ: Essa é uma pergunta engraçada, porque a palavra “aposentado” significa algo diferente para as pessoas. Recentemente tivemos um filho e, algumas vezes, parece como um emprego “full time”.

Nossos investimentos garantem 100% de nossas despesas pessoais, então podemos escolher o quanto gastamos todo dia. Algumas vezes aprendemos novas coisas, como música ou idiomas, e algumas vezes acabamos fazendo coisas que, acidentalmente geram algum dinheiro.

IM: Qual foi o maior desafio que vocês enfrentaram para conseguir se aposentar tão cedo?

JJ: Começar. A ideia de como se aposentar cedo é simples: poupe mais de 70% de sua receita, invista em ações e espere os juros compostos fazerem sua mágica. Para começar, eu vendi uma casa, um carro e uma moto, me mudei para um pequeno apartamento em um bairro que poderia fazer as coisas a pé, comecei a suar a bicicleta e a fazer a maior parte das refeições em casa. Isso nos fez aposentar após apenas 10 anos investindo.

IM: E como a família reagiu a esse plano?

JJ: Quando eu disse para minha mãe que ia me aposentar, ela perguntou se tínhamos um fundo de emergência. Eu disse “sim, mãe, temos um fundo de 60 anos”. Daí nossas famílias entenderam que estávamos seguros financeiramente e passaram a apoiar bastante. Alguns familiares até estão poupando mais para conseguir se aposentar mais cedo também.

IM: Qual é o próximo país que pretendem viajar? Pensam em vir para o Brasil?

JJ: Estamos em Taiwan agora. Quando nosso filho fizer seis meses, vamos para o México passar o inverno (verão, no hemisfério sul). Eu viajarei para o Equador em outubro para falar em uma conferência e, daí, na primavera (outono, no hemisfério sul), pensamos em ir para a Espanha.

Estamos ansiosos para visitar o Brasil. Todo brasileiro que encontramos em nossas viagens tem sido tão caloroso e amigável que temos que visitar.

Jeremy e Winnie
(Acervo Pessoal)

Contato