Em onde-investir / acoes

Ação salta 9% nesta semana e Deutsche Bank aposta que ela vai bem mais longe

Os papéis do Grupo Pão de Açúcar são os favoritos do banco entre os varejistas da América do Sul

SÃO PAULO – A ação do Pão de Açúcar (PCAR4) acumula alta de 9% nesta semana até o pregão de quarta-feira (19) e se encaminha para a quarta sessão seguida de ganhos. A perspectiva é de valorização ainda mais forte, com preço-alvo em 12 meses estimado em R$ 78 pelo Deutsche Bank.

 O valor está 22,6% acima do observado no fechamento de quarta-feira (19) e a recomendação é de compra. O analista do banco alemão, Marcel Moraes, destaca que as ações do Grupo Pão de Açúcar são as favoritas entre os varejistas da América do Sul.

 A percepção do banco, após encontro com os executivos da empresa, é de que as iniciativas estratégicas começam a dar frutos. A conversa deu confiança ao Deutsche Bank de que a margem bruta deve permanecer sem alterações no multivarejo neste ano diante da redução das promoções. Antes, o banco previa queda de 1 ponto percentual sob à luz da necessidade de novos cortes nos preços.

 Em consequência, o ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 2017 e 2018 foi revisado e agora o banco espera altas de 6% e 8%, respectivamente, elevando o preço-alvo de R$ 70 para R$ 78.

 O Deutsche Bank também prevê uma dinâmica mais favorável dos lucros nos próximos trimestres decorrente da conversão de hipermercados em lojas mais rentáveis, da queda na Selic e do ganho de participação no mercado.

 Os riscos para a ação vêm de um ambiente macroeconômico incerto, o aumento da concorrência, o potencial de reestruturação pode criar um conflito de interesse entre os controladores e os acionistas minoritários e a venda da Via Varejo, que é um gatilho para uma potencial reavaliação da empresa, mas – a depender do preço negociado – pode ter impacto nos preços das ações.

Recomendação de compra
(Shutterstock)

Contato