Em onde-investir / acoes

Analistas recomendam compra de Petrobras; "melhor opção de investimento no Brasil"

A Santander Corretora estima ainda, uma valorização de 42,60% para os papéis da companhia

SÃO PAULO - A Santander Corretora elaborou relatório em que comenta o setor de petróleo, gás e petroquímicos e recomenda compra para os papéis de Petrobras (PETR3), elevando o seu preço-alvo de R$ 23,26 para R$ 23,60, o que totaliza um potencial de valorização de 42,60% para os papéis da companhia, em relação ao fechamento do dia 6 de dezembro de 2016. A ação já subiu 90,78% esse ano. 

"Acreditamos que a empresa continua a caminho de cumprir sua importantíssima meta de redução da alavancagem, provavelmente atingindo um índice de dívida líquida/EBITDA (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) em torno de 2,5x no final de 2018 ou início de 2019", escrevem os analistas.

De acordo com a equipe de análise, a política de preços de combustíveis anunciada recentemente tem diversas implicações positivas para a companhia no médio e longo prazo, como a maior visibilidade e previsibilidade da geração de fluxo de caixa da empresa; parceiros potenciais para suas refinarias, implicando em possíveis entradas de caixa e redução dos investimentos futuros; e entrada potencial de novas empresas no segmento de refino do Brasil, o que pode, segundo a Santander Corretora, ajudar a minimizar o risco de interferência futura pelo governo na implementação da nova política de preços da PBR. 

"O alinhamento cada vez maior de fatores macro e microeconômicos positivos impulsiona nossa classificação da Petrobras como nossa principal recomendação no Brasil", afirmam os analistas.

Moedas com tabela de valorização ao fundo
(Shutterstock)

Contato