As 6 startups que prometem ser um sucesso nos próximos anos

Desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis incentivou o surgimento de startups

Por Juliana Américo Lourenço da Silva
 03 fev, 2014 15h20
Campus Party 2014_13
(InfoMoney/Juliana Américo)

SÃO PAULO – A quantidade de startups que estão surgindo pelo mundo está aumentando, inspiradas principalmente pelo Facebook e Google, além do incentivo para a criação de aplicativos para dispositivos móveis.

Durante a Campus Party, que aconteceu em São Paulo entre os dias 27 de janeiro e 2 de fevereiro, 250 startups participaram de uma área inédita no evento, a “Startup&Makers Camp”, em que las puderam expor, vender e buscar formas de financiamento para os seus projetos.

Entre as novas empresas que estavam no evento, algumas se destacaram, sendo consideradas pelos organizadores e entidades de investidores anjos como promissoras. Confira:

Atestados.med.br
A startup criou uma ferramenta que permite que as empresas controlem e verifiquem a autenticidade de atestados médicos. O sistema conta com um banco de dados atualizado em tempo real, que pode ser acessado tanto na web quanto em um aplicativo compatível com os sistemas operacionais Android e iOS.

A ferramenta promete ser vantajosa para todos: as empresas podem diminuir o índice de absenteísmo, se previne contra possíveis processos trabalhistas e tem acessório a um relatório sobre a saúde de seus funcionários; já os serviços médicos impedem a fraude de formulários e documentos; e os pacientes têm a garantia de respaldo médico legítimo e histórico de afastamento online.

Beved
Você é bom em alguma coisa? Se sim, a Beved permite que qualquer pessoa ensine o que faz de melhor em aulas online. A diferença do serviço, em comparação com outros sites que também oferecem aulas pela internet, é que o aluno paga pela aula e pode acessar o seu conteúdo quando quiser e quantas vezes achar necessário.

Além disso, o aluno tem acesso ao professor, podendo fazer perguntas, interagir com outros alunos, baixar materiais extra que forem disponibilizados pela aula e recebe um certificado de participação. O valor das aulas varia de acordo com o professor, mas também são oferecidas aulas gratuitas.

Designoteca
A startup criou um site onde as pessoas podem encontrar produtos de design, moda e arte diretamente dos criadores dos itens. Ao criar uma conta na Designoteca, você indica suas preferências e pode seguir criadores que mais admira e colecionar produtos e criações que mais gosta e votar em projetos de produtos que ainda não se tornaram realidade.

Além disso, o site estabelece parcerias com marcas e criadores locais para que pessoas que buscam designs diferentes possam encontrar sem pagar nada por isso.

Hand Talk
A empresa desenvolveu um sistema que permite traduzir sites e vídeos para Libras (linguagem de sinais) e, em sete meses de funcionamento, mais de 107 mil downloads já foram realizados. A ferramenta conta com a ajuda do Hugo, um simpático personagem que realiza a tradução.

O serviço, que já recebeu mais de R$ 500 mil em investimentos, é gratuito e está disponível para web e os sistemas operacionais Android e iOS.

TraktoPro
A ferramenta auxilia profissionais autônomos e empresas a preparar o orçamento da prestação de um serviço calculando o valor do trabalho, incluindo impostos, tempo necessário e gastos extras. Além disso, o aplicativo envia propostas comerciais customizadas com gráficos explicativos diretamente do celular do cliente.

Wiki4Fit
A startup criou um aplicativo para academias que permite que o aluno veja como são feitos os exercícios e envia alertas automáticos para aqueles que estão ausentes. Além disso, os professores recebem relatórios semanais sobre o monitoramento dos alunos, frequências, históricos de exercícios, entre outros. 

COMENTÁRIOS

SOBRE O(S) AUTOR(ES)

Juliana Américo Lourenço da Silva


Contato