Em negocios / noticias-corporativas

Sistemas ERP de gestão personalizados são os novos queridinhos das empresas

Considerado pela InfoWorld como o melhor software aberto por vários anos, ERP Openbravo pode ser a solução ideal para determinados negócios.

Ter um sistema integrado que ajude a facilitar as tarefas do dia a dia de um ambiente de negócios é mais do que uma necessidade para empresas de médio e grande porte. É por isso que muitos empreendedores optam pelo chamado ERP (Enterprise Resources Planning, da sigla em inglês).

Quando se pensa em ERP, no entanto, a maioria esbarra com um problema: a falta de flexibilidade. Nem sempre esses softwares estão adequados à realidade de certos empreendimentos. E desenvolver um programa específico para uma empresa pode ser caro, demorado e trabalhoso.

Muitas organizações modernas, então, têm aderido aos sistemas ERP com código aberto para gestão empresarial. É o caso, por exemplo, do ERP Openbravo, que garante que a própria empresa desenvolva e customize seu programa.

Ganhador de diversos prêmios internacionais, como o Bossie da InfoWorld, ele foi considerado o melhor aplicativo open source por diversos anos. A última vez que recebeu esse título de excelência foi em 2014.

De origem espanhola, o Openbravo tem crescido cada vez mais. Já são 60 países que utilizam este ERP. No Brasil, uma de suas parceiras é a empresa Disoft Solutions, chamada de gold partner. Assim, eles têm licença para revender e desenvolver melhorias no software.

Software que acompanha o crescimento da empresa:

Uma empresa de médio porte em ascensão, por exemplo, vai adquirindo novas necessidades com o passar do tempo. As funções vão ficando mais complexas e o sistema de ERP precisa seguir essas mudanças.

Para esses casos, o OpenBravo tem tudo o que esse tipo de negócio precisa. É o que afirma Claudio Menezes, CEO da Disoft Solutions. "É um software expansível, que acompanha o crescimento de médias e grandes empresas", avalia Menezes.

Assim, o OpenBravo oferece ainda algumas vantagens:

- Diferenciado;
- Robusto;
- Moderno;
- Desenvolvido em uma arquitetura que permite que o próprio cliente faça evoluções no sistema, sem a necessidade de um fornecedor para isto;
- Tecnologia atualizada.

O funcionamento do ERP na prática

O ERP pode ser a salvação para alavancar as vendas e melhorar a organização empresarial. Por exemplo: em uma organização afetada pela crise, que começa a ver os prejuízos dominando, esse sistema ajuda a detectar o problema e resolvê-lo.

Dentre as facilidades que o ERP oferece, estão:

- Descoberta de perdas ou desvio de mercadorias;
- Definição de estratégias padrões para escapar de problemas administrativos;
- Garantia de atividades mais dinâmicas;
- Alerta automático de compras e vendas;
- Percepção de estoque baixo e aviso ao setor responsável, o que evita sustos ou situações inesperadas;
- Agilidade no manuseio de documentos, com processos digitalizados.

Todas essas vantagens são estratégicas, como aponta o CEO da Disoft Solution, Claudio Menezes. "Normalmente, o ERP é adotado como uma solução para reduzir custo, otimizar tempo e para fornecer informações que servem de base para a rápida tomada de decisões", argumenta.

04 passos para escolher o melhor ERP para a sua empresa

Existem diversos fatores que devem ser considerados na hora de escolher um sistema de gestão ERP para uma empresa. Abaixo, o CEO da Disoft Solutions separou algumas dicas que podem auxiliar nessa tarefa.

1º passo: Analise o histórico do ERP

Para decidir de maneira adequada, sempre verifique outros casos de sucesso e outras empresas que fizeram uso do ERP. Também avalie o fornecedor. Cheque se a estrutura combina com seu negócio e se o atendimento é de qualidade.

2º passo: Conheça os limites do ERP

Um ERP que vai acompanhar o crescimento da empresa é essencial. Aqueles com código aberto podem ser a solução para isso, como é o caso do Openbravo. Conforme já dito antes, esse tipo é mais flexível e dinâmico.

3º passo: Dê preferência por modelos atuais e modernos

Uma plataforma atual costuma fazer toda a diferença. E também é importante saber se podem surgir atualizações. Acompanhar a tecnologia faz toda a diferença, mesmo que poucos softwares no mercado façam isso.

4º passo: Avalie as adequações para a estrutura do seu negócio

Outro ponto essencial é verificar se esse sistema será adequado à estrutura da sua empresa. Alguns deles podem rodar localmente utilizando o modelo de cada negócio. Mas também há aqueles que funcionam em nuvem, com um servidor cloud.

Redução de custo e dinamização das tarefas da empresa são apenas alguns dos benefícios do ERP. E isso que tem feito com que cada vez mais organizações passem a fazer uso desses sistemas.

No caso de negócios ascendentes, nada melhor que um modelo open source. O Openbravo, então, tem aquilo que a empresa vai precisar para crescer. Cada mudança vem acompanhada de uma atualização. É muita praticidade, não?

Sobre o ERP Openbravo:

Produzido originalmente na Espanha, o ERP Openbravo é líder mundial quando o assunto é software de código aberto (open source). Trata-se de uma solução online para médias e grandes empresas, que ajuda a automatizar os processos de negócios.

Sobre a Disoft Solutions:

Com 32 anos no mercado nacional, a Disoft Solutions S/A é uma empresa do setor de TI com faturamento anual de R$6,5 milhões. E, ao longo de sua existência, vem mantendo a excelência no atendimento com atuação em duas áreas: outsourcing de TI e implantação de sistemas de gerenciamento empresarial.

Na parte de outsourcing, aloca profissionais especializados para cuidar de toda a área tecnológica de seus clientes. Na parte de soluções, desenvolve e dá suporte a softwares de gestão, como é o caso do ERP OpenBravo e do Sistema Regente para folha de pagamento.
Website: http://www.openbravo.com.br/

Contato