Em negocios / noticias-corporativas

Secretarias da Fazenda anunciam descontinuação dos sistemas gratuitos de emissão nota fiscal eletrônica

Em busca de orientar os empresários sobre a novidade, organização de Uberlândia-MG disponibiliza conteúdo gratuito sobre o tema, na internet.

?As Secretarias da Fazenda (Sefaz) por todo o Brasil já anunciaram que, no próximo ano, começarão a descontinuar seus respectivos sistemas de nota fiscal eletrônica. A notícia pegou vários empresários de surpresa. Afinal, a média mensal de pesquisas online por termos relacionados à NF-e chega a 1 milhão, somente no Google.

Isso quer dizer que a busca por outras soluções para emitir notas e a preocupação com a adaptação aos novos programas já é uma realidade entre gestores de empresas no país inteiro. É só uma questão de tempo até que os gestores comecem a procurar os contadores para orientá-los.

Em Uberlândia-MG, a empresa Lojista Virtual, associada da i9 – centro de desenvolvimento de tecnologia e inovação do Triângulo Mineiro, saiu na frente e preparou um conteúdo esclarecedor para quem se vê nessa situação. "Como nós temos experiência na área, já que oferecemos o sistema de emissão de notas fiscais, criamos um conteúdo didático que irá auxiliar os empresários, bem como os contadores. Nós o disponibilizamos gratuitamente na internet e está acessível a todos", informa o diretor Gustavo Maierá.

De acordo com Maierá, é possível que os empreendedores fiquem ansiosos com a notícia da mudança e queiram partir logo para a ação. "Mas antes de começar a usar qualquer um dos emissores de NF-e disponíveis no mercado, é preciso fazer se credenciar junto à Sefaz e emitir o certificado digital, que pode ser do tipo A1 ou A3", orienta.

Outra questão é que essa mudança vem atrelada a mais um custo para o caixa da empresa. Todavia, Maierá salienta que esse mal-estar pode ser compensado ao utilizar um sistema mais moderno e prático. "O sistema da Sefaz tem limitações como, por exemplo, a obrigatoriedade de digitar informações repetidas manualmente, levando a retrabalhos e perda de tempo", cita.

Segundo Maierá, mesmo em sua versão mais básica, grande parte dos emissores de NF-e oferecem funcionalidades complementares que ajudam bastante, tanto na parte prática da gestão quanto na tomada de decisões. "Aplicação de regras tributárias, envio de notas por e-mail e preenchimento automático de dados cadastrais são algumas delas. Nas versões mais avançadas, é possível gerenciar receitas, despesas, fluxo de caixa, obter gráficos de faturamento, entre muitas outras facilidades que contribuem para uma melhoria na gestão e, consequentemente, aumento do faturamento", informa.

O conteúdo, na íntegra, preparado pela empresa Lojista Virtual pode ser acessado no link: http://avalie.lojistavirtual.com.br/cartilha-nfe/.

Website: http://avalie.lojistavirtual.com.br/cartilha-nfe/.

Contato