Em negocios / grandes-empresas

Tesla reboca avião de 300 toneladas e pode conquistar recorde mundial; assista ao vídeo

A aeronave em questão é um Boeing 787-9 Dreamliner da companhia aérea Qantas

Tesla e Qantas
(Divulgação/Tesla)

SÃO PAULO – O Tesla Model X está prestes a se tornar o veículo elétrico com maior capacidade de reboque do mundo a entrar para o livro dos recordes, o Guinness. Nesta segunda-feira (14) o veículo puxou, por reboque, um avião Boeing 787-9 Dreamliner, de 300 toneladas, da companhia aérea Qantas por 300 metros em um aeroporto da Austrália.

Caso o Guinness confirme que não houve modificação no veículo para conseguir rebocar o avião, a empresa garante o título.

Teoricamente, o Model X tem capacidade para puxar peso de até 2,5 toneladas. O Dreamliner da Qantas vazio e com o mínimo de combustível, tal como estava durante o teste da Tesla, pesa o equivalente a 50 vezes esse peso. O Tesla não é o primeiro veículo elétrico a rebocar a aeronave: com o objetivo de reduzir a emissão de poluentes, a Qantas já usa outros carros elétricos nos aeroportos de Sydney e Melbourne para manobrar as aeronaves.

Dos carros movidos a combustão, o que detém o recorde mundial de capacidade de reboque é o Porsche Cayenne, que, no ano passado, movimentou um Airbus A380, o maior avião comercial do mundo, com peso de 285 toneladas.

Apesar do possível recorde, a Tesla não está passando por seu melhor momento: ela enfrenta problemas de produção do Tesla Model 3, modelo que era a “chave” da empresa para se popularizar. Além disso, dois acidentes recentes envolvendo os carros da empresa a colocaram em uma situação complicada.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio de milhões. Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos 

Assista, a seguir, ao vídeo do Tesla rebocando a aeronave:

Contato